Encontro debate desafios e oportunidades para cooperativas agro do Brasil

Dirigentes de sete cooperativas brasilienses, juntamente com o Sistema OCDF-SESCOOP/DF, participaram no mês de junho da mais recente edição do Encontro Nacional das Cooperativas Agropecuárias (ENCA). O evento reuniu representantes de cooperativas de todo o país em Campinas, no interior de São Paulo, contou com a presença de líderes do setor, fomentou debates e apresentou novidades em assuntos relevantes para o agronegócio brasileiro.

A programação do evento foi organizada para oferecer aos presidentes e diretores das cooperativas um ambiente imersivo nos assuntos pertinentes ao setor, como os desafios e oportunidades no atual cenário político e econômico, além de aprofundar debates em áreas como planejamento, gestão financeira e de risco, inovação, tecnologia e sustentabilidade. Também foram abordados assuntos como a importância de reputação sólida para o setor agropecuário e a verticalização e internacionalização como caminhos fundamentais para a expansão e diversificação das cooperativas. Cerca de 500 cooperativas participaram do encontro, sendo sete delas com atuação no Distrito Federal.

O presidente da Cooperativa Agropecuária da Região de Brazlândia (Cooperbraz), Marcos da Silva Almeida, integrou o grupo brasiliense e comentou sobre a importância de as organizações estarem presentes na realização do encontro. "A nossa participação foi ótima. Tivemos contato com especialistas em questões políticas, tecnológicas e aprendemos como a inteligência artificial pode impactar na nossa atuação", destacou.

Marcos também comentou sobre a relação entre sucessão familiar e cooperativismo, um dos pilares da programação do encontro. "A nossa atividade é dedicada à agricultura familiar e nós vemos que tradicionalmente os filhos estudam e ocorre uma espécie de êxodo. Eles saem para buscar oportunidades na cidade e isso tem a ver com a nossa realidade. O que foi transmitido no evento vai nos ajudar no futuro certamente", acrescenta o presidente da Cooperbraz.

A intercooperação, sétimo princípio do cooperativismo, também foi destaque durante a realização do ENCA. Marcos conta que se aproximou de expositores e participantes, contou da atuação da cooperativa que administra e saiu do evento com a certeza de que a organização está no caminho do crescimento. "A gente viu que está no rumo certo, na trilha do desenvolvimento. Apesar de estarmos distante do centro de Brasília, a gente conta com apoio expressivo do SESCOOP/DF, que desenvolve ações que favorecem o desenvolvimento da nossa atividade, melhorando a nossa gestão e atuação. Estamos sendo vistos e a participação em um evento da significância do ENCA comprova isso", conclui o dirigente.

O analista do SESCOOP/DF, Ariosto Sousa, acompanhou os dirigentes de cooperativas durante a realização do evento e avaliou de forma positiva a imersão dos cooperados nos assuntos abordados. "As cooperativas gostaram da participação, muitos conseguiram obter boas práticas para aplicar na governança, bem como em suas propriedades. De forma geral, foi uma participação muito produtiva, que gerou muitas informações e as expectativas foram superadas. Enquanto sistema, conseguimos promover essa interação entre as cooperativas, fornecedores e outras organizações estaduais que também participaram do evento", finalizou.

O ramo agropecuário no Distrito Federal tem ganhado destaque nos últimos anos.  O número de cooperativas associadas ao Sistema OCDF-SESCOOP/DF, no momento, é 13 organizações que reúnem mais de 1 mil cooperados. 

Conteúdos Relacionados