Notícias eventos

 

Sescoop/PR premia vencedores do 9º Concurso de Redação Cooperjovem

"

Curitiba (11/4) – Cooperativas parceiras, secretárias de educação, professores, alunos e agentes do Programa Cooperjovem, somando cerca de 200 pessoas, participaram, nesta quinta-feira (7/4), em Curitiba (PR), da solenidade de premiação da etapa estadual do 9º Concurso de Redação do Cooperjovem. Nesta edição, foram inscritas 86 redações na categoria I (alunos matriculados no 4º e 5º ano do ensino fundamental) e 12 na categoria II (alunos matriculados do 6º ao 9º ano do ensino fundamental).

O concurso é promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop). O tema deste ano foi “Cooperação: uma prática de igualdade”. Cada vencedor da categoria recebeu um tablet. Já professores foram premiados com um Kindle (equipamento que permite a leitura de livros) e as escolas receberam um equipamento multimídia para projeções.

Agradecimento – “É uma alegria estar aqui e, confesso, estou até muito emocionado porque é o primeiro evento que participo na condição de presidente Sistema Ocepar”, disse José Roberto que, desde 1º de abril último, está à frente da Organização.

Ao recepcionar os participantes, Ricken destacou que sua motivação em participar do evento foi agradecer aos profissionais do sistema e as cooperativas que integram o Cooperjovem. O dirigente destacou ainda que o trabalho realizado com alunos, em que se insere a cultura da cooperação no ambiente escolar, é motivo de orgulho para todos do movimento cooperativista.

“Acompanhei os primeiros passos da implantação desse programa em âmbito nacional, e hoje, ao ver os resultados e a abrangência alcançada, não há como evitar a emoção. E as cooperativas que alimentaram esse trabalho é que fizeram a diferença, por este motivo, merecem todo o nosso reconhecimento e agradecimento”, afirmou.

Além do dirigente, prestigiaram o evento, os superintendentes Leonardo Boesche (Sescoop/PR), Nelson Costa (Fecoopar), Robson Mafioletti (Ocepar), a gerente de Desenvolvimento Humano do Sescoop/PR Maria Emília Pereira Lima, e o coordenador Humberto Cesar Bridi.  A premiação aconteceu no Hotel Tulip Inn, na capital paranaense, e as atrações artísticas foram realizadas pelo grupo Sou Arte, de Campo Mourão.

TRANSFORMAÇÃO – “É um imenso prazer e uma grande alegria reuní-los aqui. Sabemos que vocês deixaram a família, os afazeres do dia a dia, viajaram horas só para prestigiar este evento”, disse a coordenadora do Cooperjovem no Paraná, Fabianne Ratzke. Em um discurso emocionado, Fabianne lembrou que há dois anos o Cooperjovem mudou de metodologia.

“Na ocasião, houve questionamentos, afinal, por que mexer no que está bom. Mas todos apoiamos a mudança, porque acreditamos que o programa poderia ser ainda melhor, acreditamos na importância de aproximar a família e a comunidade da escola. E a gente continua acreditando nisso, nas crianças, nos educadores, no cooperativismo e na força que a gente tem para mudar as coisas, para transformar. Foi por isso que o Cooperjovem mudou”, comentou.

O PAPEL DO EDUCADOR – Ao destacar a importância do educador para o Programa Cooperjovem, Fabianne lembrou que educar é um ato de amor. “Então, por que não usar o que os professores têm em seus corações e em suas palavras para mudar, transformar vidas?”, questionou. Segundo ela, a maneira como um professor trata um aluno pode ter reflexos significativos na construção da personalidade e na maneira como ele vai se inserir no mundo.

“Ao trata-lo com respeito, e ensinar valores como cooperação, união, o educador pode fazer com que essa criança passe a enxergar a vida de uma maneira diferente, porque ela aprenderá o significado do que é ser respeitado e amado. Então agradeço a todos os educadores que, como a gente, acreditam no poder da transformação, através do amor, da cooperação, do exemplo e da educação. Porque o mundo carece de gente que ama o que faz. Apesar das dificuldades da profissão, o mundo precisa de vocês, educadores. Eu acredito num mundo melhor e acredito que aqui nesta sala estão as pessoas que irão mudar este mundo”, afirmou. 

EMOÇÃO E INCENTIVO - A emoção também tomou conta dos vencedores dos prêmios. “Estar entre os finalistas tem um significado muito grande para a escola e também para os alunos”, disse a professora Creuza Valério, da Escola Municipal Walter Antunes Pereira, de Mandaguari.

Orientadora da aluna Maria Luiza Olavo Fantin, segunda colocada na categoria 1, a professora destacou que, além de incentivo para que outros alunos participem do prêmio, o fato de vencer mostra que não é preciso ter um nível econômico privilegiado “para ter algum valor, qualidade e cultura”. “Nossa comunidade está localizada numa região da periferia da cidade, ou seja, são famílias de baixa renda, mas que estão colhendo os frutos do trabalho realizados por professores que acreditam no potencial das crianças”, disse.
 
COMISSÃO JULGADORA – Os trabalhos inscritos no 9º Concurso de Redação do Cooperjovem foram avaliados pela Comissão Julgadora formada por: Cristina Moreira (analista de Desenvolvimento Humano), Sigrid Ritzmann (assessora Cooperativista), João Gogola Neto (coordenador de Desenvolvimento Cooperativo), Carlos Eduardo Nunes (analista de Desenvolvimento Cooperativo) e Volnei Both (assessor administrativo).

VENCEDORES

CATEGORIA 1 – 4º e 5º ano do Ensino Fundamental
1º lugar: Nayara Pereira da Silva – Copacol
2º lugar: Maria Luiza Olavo Fantin - Cocari
3º lugar: Suellen Vieira da Silva – Cocari

CATEGORIA 2 – 6º e 9º ano do Ensino Fundamental
1º lugar:  Rennan K. Werlang de Aguiar – Colégio Cooperativa de Foz do Iguaçu
2º lugar:  Caio Augusto Tedesco Romani – Cooperativa de Educação e Cultura Regina Mundi - Coopermundi
3º lugar: Milena Cristina Perardt Garbossa – Cooperativa de Educação e Cultura Regina Mundi – Coopermundi

"

Geração Cooperação ultrapassa a marca de 67 mil seguidores no Facebook

"

Porto Alegre (6/4) – O Geração Cooperação, projeto lançando pelo Sescoop/RS em 2012, ultrapassou a marca de 67 mil seguidores no Facebook, reafirmando a importância de ações que promovam a aproximação entre os ideais cooperativistas e os jovens.

Trata-se de uma plataforma coletiva de construção de conhecimento sobre o cooperativismo, que busca estabelecer um canal de comunicação com as novas gerações no ambiente em que elas passam a maior parte do seu tempo: a internet. A proposta é mostrar aos jovens gaúchos que este modelo de negócios tem muito em comum com o seu dia a dia, caracterizado por um espírito colaborativo da cultura digital.

O site apresenta histórias de jovens cooperados em textos e vídeos, além de propiciar o esclarecimento de dúvidas e estabelecer diálogo constante com o público, através de espaços abertos à participação. Atualmente, o Geração Cooperação conta com 50 vídeos produzidos e mais de 70 mil visualizações no YouTube.

Na disputa do Top Blog 2015

Este ano, o Geração Cooperação concorre ao Top Blog 2015. Selecionado entre os 100 projetos mais votados na categoria Blog e editoria Educação, no primeiro turno, o projeto está classificado para o segundo turno da premiação pelo Júri Popular, que elegerá os vencedores: Top 1, Top 2 e Top 3. A lista dos 100 blogs mais votados de cada categoria está disponível aqui. Depois, um júri técnico escolherá os 3 melhores blogs de cada categoria e divulgará o resultado em 20 de abril de 2016.

O Prêmio Top Blog é um sistema interativo de incentivo cultural destinado a reconhecer e premiar, mediante votação popular e acadêmica, os blogs brasileiros mais populares, que possuam a maior parte do seu conteúdo focado para o público brasileiro.

Para mais informações acerca do projeto Geração Cooperação acesse www.geracaocooperacao.com.br, siga no Twitter (twitter.com/GeracaoCoop) e curta a fan page (www.facebook.com/GeracaoCoop). (Fonte: Assimp Sistema Ocergs)

"

CONAB discute política de Garantia de Preço Mínimo para Sociobiodiversidade

O presidente do Sistema OCB/AM, Petrucio Magalhães Junior, participou hoje, 05/04, da Oficina “Desafios para implantação da política de garantia de preços mínimos para produtos da Sociobiodiversidade – PGPM-Bio “, realizado no Hotel Slaass em Manaus.

O evento, realizado pela CONAB com apoio do Ministério do Desenvolvimento Agrário, contou com a presença de diversas lideranças do setor primário do Amazonas, assim como representantes de instituições públicas e da sociedade civil ligadas ao setor, que discutiram as perspectivas para a promoção da Sociobiodiversidade, através de um amplo debate..

Vários dirigentes de cooperativas e associações de produtores extrativistas, e organizações de trabalhadores da agricultura familiar e comunidades tradicionais que trabalham com produção oriunda da sociobiodiversidade, apresentaram suas demandas e percepções através de grupos de trabalho, e construíram planos de ação para o segmento que foram consolidados e passaram a formar uma agenda positiva para a Sociobiodiversidade.

Na oportunidade a OCB/AM apresentou 04 propostas para discussão: 1) inclusão do pirarucu de manejo na PGPM BIO; 2) que o instrumento de formação de estoque do PAA(Programa de Aquisição de Alimentos) da CONAB possa contemplar produtos não-alimentícios, que beneficiariam com capital de giro os grupos formais envolvidos com a piaçava, borracha e os óleos da floresta; 3) Iniciar estudos visando a inclusão do peixe ornamental do Rio Negro nessa política; 4)Iniciar estudo para a criação de um subsídio de logística dos produtos originados da Sociobiodiversidade. Petrucio defendeu as propostas junto com dirigentes das Cooperativas COOBEPAM de Amaturá, COOPMAS de Lábrea e JUTAÍCOOP de Jutaí.

A FAEA – Federação da Agricultura e Pecuária do Amazonas, através do presidente Muni Lourenço, também apresentou propostas objetivas para debate, como: 1)Acrescentar ao preço mínimo fixado pelo governo federal um adicional em razão dos serviços ambientais q essas populações prestam ao planeta; 2) Apoiar o escoamento da produção dentro do próprio estado do Amazonas em razão da dimensão geográfica; 3) Atualizar preço de custo de produção dos produtos já amparados pelo PGPM-Bio.

O conceito da Sociobiodiversidade expressa a inter-relação entre a diversidade biológica e a diversidade de sistemas socioculturais de produção da agricultura familiar. Em 2009, a necessidade de consolidar um novo modelo de desenvolvimento sustentável no país, o então Presidente Lula criou a Política de Garantia de Preços Mínimos para os Produtos da Sociobiodiversidade (PGPM-Bio), que, além de auxiliar na preservação dos recursos naturais, possibilita um desenvolvimento social e econômico justo, permitindo a sustentação de preços de produtos da biodiversidade brasileira.

Adriano Fassini – Sescoop/AM

Segunda edição do Dia C no RS promete bater recorde de beneficiados

"

Porto Alegre (4/4) – Foi dada a largada para o Dia de Cooperar – Dia C. O evento de lançamento no estado ocorreu na quarta-feira (30/3), no Centro de Formação Profissional Cooperativista (CFPC), em Porto Alegre, e contou com a participação de representantes de diversas cooperativas gaúchas e entidades parceiras do projeto. Na ocasião, foi apresentado o Dia C, os números de 2015 e as estratégias de comunicação para 2016.

A data comemorada no primeiro sábado de julho, nesse ano dia 2, é a maior ação de voluntariado do Brasil e marca o Dia Internacional do Cooperativismo. Em 2015, foram 280 mil voluntários, 1.300 cooperativas e 2,5 milhões de beneficiados com atividades educativas, de bem-estar, lazer e esporte.

Em 2016, o evento promete ser ainda mais amplo no Estado. “Vamos ter mais espaço para as atividades e poderemos atender melhor o nosso público”, informa o gerente de Promoção Social do Sescoop/RS, José Zigomar Vieira dos Santos, que enxerga no Dia C uma forma de integração social entre a comunidade, resultando em mais confiança e cooperação social.

O gerente enfatizou que o Sescoop/RS foi surpreendido na primeira edição do evento, com o número de voluntários, mais de 4 mil, e cooperativas participantes, 170, chegando a 108 mil beneficiados no Rio Grande do Sul. “Queremos superar o número de 2015”, destaca.

Outro objetivo do Dia C é que as atividades voluntárias desenvolvidas na data tornem-se permanentes. Para o gerente, as ações constroem e transformam vidas. A educadora ambiental e responsável pelo projeto “A Turminha da Reciclagem” no Rio Grande do Sul, Samara Arsego Guaragni, da Cooperativa Central Aurora Alimentos, concorda com o ponto de vista do gerente.

A Cooperativa desenvolve o projeto para conscientizar as crianças sobre a importância de separar o lixo e de preservar a natureza. “Nós apostamos nas crianças para disseminar essa preocupação com a natureza. Elas levam as informações para a família e para a sociedade”. A ideia esteve presente no Dia C do ano passado e na próxima edição pretende retornar. “As crianças gostaram muito das atividades. Nós usamos jogos e brincadeiras. Elas aprenderam brincando”, ressalta Samara.

O presidente do Sistema Ocergs-Sescoop/RS, Vergilio Perius, defende o cooperativismo como alternativa diante do atual contexto social-econômico. “O cooperativismo constrói um mundo melhor”. Perius lembra que o princípio de cooperar é a igualdade. “Ele se enraíza e permanece na comunidade”, finaliza o presidente. Para saber mais sobre o Dia C acesse:  http://diac.brasilcooperativo.coop.br/

"

Prêmio Comigo de Jornalismo será entregue no dia 12 de abril

"

Rio Verde (29/3) – A Cooperativa Agroindustrial dos Produtores Rurais do Sudoeste Goiano (Comigo) realizará no dia 12 de abril de 2016, às 10 horas, no auditório um do Centro Tecnológico Comigo (CTC), a solenidade de entrega do 1º Prêmio Comigo de Jornalismo. Serão conhecidos os vencedores nas categorias profissional (jornalismo impresso ou online, fotografia e produção televisiva) e estudantes de comunicação (jornalismo impresso ou online e fotografia).

O evento terá a presença do jornalista, apresentador, editor e repórter do programa Globo Rural, Nelson Araújo. Além de apresentar a premiação, ele ministrará palestra sobre ‘Agronegócio e Comunicação’, abordando a importância do agronegócio para o Brasil e como a sociedade enxerga o setor – incluindo a visão da imprensa em geral.

Na data também será lançada a edição 2016 do Prêmio Comigo de Jornalismo. O evento fará parte da programação da Tecnoshow Comigo 2016. (Fonte: Assimp da cooperativa)

"

Paraná se destaca na produção leiteira nacional

"

Curitiba (23/3) – A produção de leite, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), totalizou mais de 24,5 bilhões de litros em 2015. A região Sul do país possui as microrregiões mais expressivas, com volume acima de 60 mil litros por quilômetro quadrado ao ano. A região paranaense dos Campos Gerais possui uma elevada média de densidade de produção. A produtividade média por vaca ordenhada dos cooperados da Frísia Cooperativa Agroindustrial é de oito mil litros/ano, número bem superior se comparado com à média nacional, de 1.480 litros anuais.

A produção de leite da região está em constante crescimento.  De 2012 a 2015, a Frísia aumentou em 40% o volume de leite processado. Hoje, a cooperativa processa 500 mil litros de leite por dia, chegando a 15 milhões de litros por mês.

REFERÊNCIA - A região também é referência em produção e qualidade. As fazendas cooperadas possuem um controle de qualidade de conforto animal e seguem boas práticas de produção, como alimentação balanceada e acompanhamento veterinário e zootécnico.

EXPOFRÍSIA - Com todas essas características, Carambeí é palco da ExpoFrísia 2016. A feira tem como objetivo estimular a troca de experiências entre cooperados, empresários e produtores da região, além de apresentar as mais recentes novidades científicas e tecnológicas.

REBANHO HOLANDÊS - Atualmente cerca de 80% dos cooperados da Frísia optam pela raça holandesa, seguida pela raça Jersey, com 5%. A predominância da holandesa, com média de 30 l/dia, reflete na produção local. A raça, conhecida por sua produtividade e lucratividade, é a mais criada em países como Estados Unidos, chegando a 90% da população de vacas leiteiras (Hoard's Dairyman).

EXPOFRÍSIA - A ExpoFrísia 2016 reúne o que há de mais moderno e inovador na produção leiteira e em grãos. São aproximadamente 15 mil pessoas que visitam o evento para acompanhar palestras técnicas, julgamentos e o Clube de Bezerras. A feira é organizada pela Frísia Cooperativa Agroindustrial no município de Carambeí, na região dos Campos Gerais (PR). (Imprensa Frísia)

SERVIÇO

ExpoFrísia
2016 - Exposição Agropecuária de Carambeí
27 a 29 de abril
Pavilhão de Exposições Frísia, Parque Histórico de Carambeí (PR)

"

Pesquisa relaciona 10 cooperativas entre as marcas mais lembradas

"

Porto Alegre (22/3) – As cooperativas estão entre as marcas mais lembradas e preferidas dos gaúchos. É o que apontou a 18ª edição da pesquisa Marcas de Quem Decide, organizada pelo Jornal do Comércio e a Qualidata Informações Estratégicas, que apresentou nessa terça-feira (8), no Centro de Eventos do Hotel Plaza São Rafael, em Porto Alegre, as cinco marcas mais lembradas e preferidas em 80 setores, além das três categorias especiais.

Realizado anualmente no Rio Grande do Sul, o levantamento de 2016 inclui 80 setores econômicos e três categorias especiais: Grande Marca Gaúcha, Apoio ao Empreendedor e Responsabilidade Social – todas marcas indicadas nas modalidades “lembrança” e “preferência”, por empresários, gestores e profissionais liberais.

Como já é de praxe, as cooperativas gaúchas se destacaram novamente na pesquisa e aparecem em nove setores distintos, com destaque para a nova categoria “Cooperativa”. Além dessa, as sociedades cooperativas do Estado também aparecem em outras categorias: Energia, Laboratório Clínico, Plano de Saúde, Plano Odontológico, Produtos Lácteos, Queijo, Vinho e Espumante.

Entre as marcas de cooperativas mais lembradas e preferidas pelo público gaúcho estão: Sicredi, Unimed, Santa Clara, Cotrijuí, Unicred, Cooperativa Vinícola Aurora, Coprel, Uniodonto, Cooperativa Piá e Cosulati (com a marca Danby).

MARCAS DE QUEM DECIDE 2016

Para sua atual edição, foram realizadas 527 entrevistas com empresários, executivos e formadores de opinião, nos principais municípios do Rio Grande do Sul – representando um universo estimado em 300 mil gestores de negócios. O período do levantamento da pesquisa compreendeu os meses de novembro e dezembro de 2015, quando os entrevistados indicaram espontaneamente os produtos e bens de serviço que permanecem em sua memória, assim como os de sua escolha na hora de compra. (Fonte: Assimp Ocergs)

"

Representantes da cooperativa Aurora visitam sede do Sescoop/PE

"

Recife (21/3) – As representantes da filial da Aurora no Recife, Daisy Angnes, supervisora administrativa, e Thais Tumelero, analista de Gestão de Pessoas, se reuniram, no último dia 17/3, com o presidente do Sistema OCB/PE, Malaquias Ancelmo de Oliveira, e com a equipe técnica do Sescoop/PE, na sede da entidade. O objetivo da visita foi conhecer os programas e projetos da entidade e planejar uma parceria futura para treinamento dos colaboradores que atuam no Recife.

A Aurora é uma central que congrega 13 cooperativas do Ramo Agropecuário e conta com cerca de 28 mil funcionários e 70 mil cooperados. As filiais de Recife, Fortaleza e Salvador coordenam a distribuição no Nordeste dos alimentos produzidos pela Aurora na Região Sul do Brasil e no estado do Mato Grosso. A parceria com o Sescoop/PE é a extensão de uma iniciativa de sucesso já estabelecida pela matriz, em Santa Catarina, e em unidades de outros estados, como o Paraná; no Recife, busca o aperfeiçoamento dos profissionais que atuam com a logística e comércio dos produtos da Aurora.

Para o presidente do Sistema OCB/PE, Malaquias Ancelmo, a parceria reafirma a disponibilidade e abertura do cooperativismo pernambucano para as cooperativas brasileiras que tem atuação no estado.

“Precisamos fortalecer esse processo de integração. As condições da Aurora podem ajudar no fortalecimento do cooperativismo e nossas cooperativas também podem ajudar na atuação da Aurora, contribuindo com parte da frota para a distribuição, no caso do Ramo Transporte, ou mesmo por meio de compras em comum. A Aurora tem uma larga experiência em outros estados com grande domínio técnico e essa experiência enriquecerá a parceria em Pernambuco”, afirmou.

Embora seja um grande empreendimento do setor alimentício, a cooperativa é formada por pequenos produtores, que atuam, em sua maioria, no âmbito da agricultura familiar, e a industrialização da atividade agrega valor aos produtos em benefício de todos os cooperados. Trata-se de um exemplo prático em que as cooperativas que formam a central Aurora se fortalecem pela cooperação e conseguem garantir posição de destaque frente a grandes concorrentes no setor de alimentos brasileiro. Para continuar a crescer, não apenas a matriz, mas suas filiais seguem investindo em capacitação.

“Queremos estabelecer aqui uma parceria que já existe no Sul incluindo as áreas de Formação Profissional e Promoção Social principalmente. A receptividade foi muito boa e a atuação do Sescoop/PE, na área de pós-graduação, no programa Aprendiz Cooperativo e também em outros cursos de capacitação, chamou a nossa atenção”, frisou a supervisora administrativa, Daisy Angnes”. Entre os principais cursos almejados pela cooperativa destacam-se os da área de vendas, Comunicação, CIPA e planejamento.

As representantes foram convidadas pelo Sescoop/PE a efetuar o cadastro da cooperativa no sistema de Gestão e Cursos da instituição para participação nos próximos eventos a serem realizados, entre eles o Dia da Mulher Cooperativista e o lançamento do Dia de Cooperar, que acontece em 1º de abril. (Fonte: Assimp Sistema OCB/PE)

"

Sistema OCB parabeniza o IDAM

O IDAM – Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas completa 20 anos de atuação no estado investindo em infraestrutura de apoio e no atendimento ao produtor rural e sua família.

O Sistema OCB/Sescoop do Amazonas e as cooperativas agroextrativistas reconhecem a importância do IDAM para o desenvolvimento do estado do Amazonas e parabeniza a todos os extensionistas rurais, verdadeiros guerreiros abnegados em atender bem o produtor rural e sua família.

Em comemoração aos 20 anos de serviços prestados aos agricultores familiares/produtores rurais do Estado, o Governo do Amazonas por meio do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), realiza nesta sexta-feira, 18 de março, uma extensa programação com homenagens, mostra de produtos da agricultura familiar e entrega de veículos e equipamentos. O evento acontecerá no auditório do Centro Universitário Luterano de Manaus Ceulm/Ulbra (Avenida Carlos Drummond de Andrade, 1460, Japiim II, bloco F), a partir das 9h.

Além do apoio na infraestrutura de equipamentos e transporte, está prevista a inauguração de três Unidades Locais do Idam (Caapiranga, Novo Airão e Iranduba) para o início de abril. O espaço visa ampliar o atendimento realizado pelos técnicos nos municípios.

Produção – No Amazonas, grande parte dos alimentos que abastecem os mercados locais são oriundos da agricultura familiar. A avicultura, por exemplo, é uma atividade em crescimento e autossuficiente, com destaque na região metropolitana de Manaus. Ao todo, são mais de 3,15 milhões de aves com uma produção de 1,71 mil toneladas de carne e 1,49 milhões de caixas de ovos por ano. Na avicultura caipira a atividade gera ocupação econômica e renda para mais de 16 mil famílias.

Prestação de serviços aos Agricultores Familiares e aos demais produtores – O serviço de Ater iniciou em 1966 com a Associação de Crédito e Assistência Rural do Amazonas (ACAR), e posteriormente (1977) o governo estadual criou a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Amazonas (EMATER), extinta em 1993. O serviço teve continuidade no Estado com a criação do IDAM em 1996.

O IDAM está presente em todo o Amazonas por meio de 66 Unidades Locais, contando com o apoio fundamental dos Parceiros (Governo Federal, Entidades e organizações, Governo do Estado, Prefeituras Municipais e principalmente os Beneficiários), onde consta com o objetivo de supervisionar, coordenar e executar as metodologias de Ater voltadas as cadeias produtivas agropecuária, florestal, pesca, piscicultura e agroindustrial, como também, nas atividades não agrícolas visando a inclusão social e produtiva dos beneficiários desse serviço.

Fonte: Sistema SEPROR/IDAM

Amazonas é o terceiro estado a lançar o Dia C 2016

Todas as cooperativas interessadas em participar do lançamento do Dia de Cooperar em Manaus devem ficar atentas. O evento, realizado pelo Sescoop/AM, está marcado para acontecer no dia no dia 18 de março, a partir das 14 horas no auditório da Uniodonto Manaus. Além de conhecer a nova campanha do Dia C, os participantes vão ter a oportunidade de relembrar as ações que transformaram vidas de diversas pessoas em 2015. Para o presidente do Sistema OCB/AM, Petrucio Magalhães Júnior, o sistema cooperativista só tem a ganhar com o Dia C. ‘‘Me sinto muito feliz em realizarmos um trabalho como este pois com ele podemos mostrar que o cooperativismo existe para ser voluntário’’, comemora.

Cooperativistas do Piauí conhecem experiência do Paraná

"

Curitiba (11/3) – Para comemorar o Dia Internacional da Mulher, a unidade do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop) do Piauí reuniu cerca de 70 mulheres cooperativistas do estado. Na ocasião, além de homenagens, houve o lançamento do projeto estruturador MulherCoop Piauí. Em função da experiência do Paraná nesta questão, a organização do quadro social paranaense foi um dos destaques do evento.

Para falar sobre o assunto, a gerente da Universidade Coopavel (Unicoop), Sandra Aparecida dos Santos, ministrou uma palestra, em que destacou o modelo de organização do quadro social no Paraná, trabalho que tem o apoio Sescoop/PR, inclusive, na contratação de instrutores e investimentos nos profissionais que conduzem esse trabalho. “Também falei o papel da mulher e a importância de trazê-la para o ambiente cooperativista”, disse Sandra. 

Na avaliação de Sandra, a oportunidade de contar o que é feito no estado, em relação ao quadro social, é uma experiência válida e que se traduz na intercooperação de conhecimento.

“É muito gratificante poder levar nossa experiência para outras regiões e ver que estamos ajudando o cooperativismo brasileiro a se desenvolver”, comenta, lembrando que, a partir deste evento, o Sescoop do Piauí está incentivando a construção de um comitê feminino.

“Foi o primeiro passo, e nos sentimos muito honrados em ter feito parte disso. E percebemos que as mulheres gostaram do que ouviram e que saíram comprometidas em fazer proposta dar certo”, frisou.  (Fonte: Assimp Sistema Ocepar)

"

ARTIGO DA SEMANA: Ivan Ramos

"

As cooperativas nas horas boas e ruins!

*Ivan Ramos

A doutrina e a filosofia do cooperativismo são de conhecimento universal, e todas as pessoas conscientes sabem que a união faz a força e que juntos sempre seremos mais fortes. Nos eventos promovidos pelas cooperativas nesse início de ano, através dos Dias de Campo, ficou muito claro que unidos os agricultores conseguem mais e as cooperativas integradas também obtém resultados mais produtivos, mesmo nas horas de crise. Estamos vivendo um momento difícil na economia e na política brasileira.

Apesar da pregação de que o setor agropecuário está bem, não se pode garantir que vai continuar assim e que todos os que produzem nessa atividade vão bem. O exemplo mais visível está agora na suinocultura. A elevação dos preços dos insumos, especialmente do milho e da soja, vem ocasionando prejuízos aos criadores de suínos e de aves.

Mas nem todos estão amargando todo esse dissabor. Aqueles criadores que se integraram, através das cooperativas ou mesmo das agroindústrias, estão sofrendo menos. É a prova de que associativismo traz proteção aos seus integrantes. E o cooperativismo ainda mais, pois mesmo em épocas de crise, a união tem oferecido resultados globais que são distribuídos de uma forma ou de outra aos seus associados.

A crise nos suinocultores independentes é a mais marcante demonstração que se estivessem reunidos em cooperativas, teriam menos problemas. É verdade que o ônus está sendo repassado às agroindústrias, que com seus sistemas de integração são responsáveis pelo fornecimento dos insumos aos criadores e que podem repercutir no preço dos suínos, mas pelo menos está atingindo alguém com maior fôlego para aguentar os custos e que têm a possiblidade de desovar parte da produção industrializada no mercado internacional.

Agora, aqueles que preferem serem independentes, francos- atiradores no mercado, nessa hora sofrem mais. Quando o mercado de matéria-prima é demandador, ganham mais que os integrados, mas quando a crise chega como agora, tem que arcar com os prejuízos. É uma opção de vida e de atividades. A livre iniciativa oferece essa condição, entretanto, precisam estar preparados para quando as coisas estiverem ruins, suportá-las, sem a tutela governamental.

As cooperativas podem até não oferecer os melhores preços em épocas de mercado aquecido, porém, sempre estão presentes para suportar as crises e minimizar os reflexos nos agricultores. As cooperativas estão presentes nas horas boas e nas horas ruins. Pense nisso.


*Ivan Ramos é diretor executivo da Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado de Santa Catarina (Fecoagro)

(Fonte: Assimp Sistema Ocepar)

"

Mais de cem cooperativas mineiras participam do lançamento do Dia C

"

Belo Horizonte (26/2) – Foi dada a largada para o Dia C em Minas Gerais. Dirigentes de mais de cem cooperativas participaram do evento de lançamento nesta quinta-feira (25/2). O presidente do Sistema Ocemg, Ronaldo Scucato, deu as boas-vindas ressaltando a importância do cooperativismo na construção de uma sociedade mais justa. “As cooperativas mineiras estão dando um exemplo para o país de cidadania, ética, responsabilidade e, sobretudo, amor pelas comunidades”, afirma.

Na sequência, o Coral Sicoob Credicom encantou a plateia com uma bela performance musical. A programação contou ainda com uma apresentação da campanha de 2016 e uma oficina de voluntariado, ministrada pelas consultoras Marina Rocha e Roberta Rossi.

Os cooperados participaram de dinâmicas em que exercitavam as práticas de mobilização de voluntários e a implantação de projetos transformadores. Para Marina Rocha, as cooperativas precisam estar próximas das comunidades para saber as reais necessidades e, a partir disto, trabalhar de maneira sinérgica em prol dessas pessoas. Já Roberta Rossi avalia que um bom relacionamento com as comunidades é um fator essencial para o sucesso de um projeto voluntário. “É esse contato próximo que vai motivar os voluntários a se dedicarem cada vez, com tempo e atenção ao próximo. Eles verão resultado no que estão fazendo”, explica.

A apresentação também trouxe uma explicação sobre os ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável). O analista administrativo da Unimed João Monlevade Igor Quaresma Santos, por exemplo, afirma que sua cooperativa já está trabalhando para alinhar as ações voluntárias à nova agenda da ONU. “Nós temos várias ações que asseguram uma vida saudável e promovem o bem-estar, por exemplo”.

Outro desafio este ano é promover cada vez mais a intercooperação. Essa já é uma atividade comum entre as cooperativas de Minas Gerais. No município de Luz, por exemplo, a Sicoob Crediluz em parceria com a Copagro, possui um projeto que ajuda ao longo de todo o ano a entidade Vila Vicentina. “Nós promovemos uma arrecadação de recursos junto aos cooperados durante o ano todo e também ajudamos na tradicional festa junina que a entidade promove para angariar recursos”, conta Andrea Pereira, agente de atendimento do Sicoob Crediluz.

"

Sistema OCB/AM participará de Seminário sobre Gestão de Excelência em Saúde

Nos dias 27 e 28 de fevereiro acontece em Manaus o I Seminário Singular sobre Gestão de Excelencia em Saúde. O evento, que será realizado no Hotel Intercity no Bairro Adrianópolis, contará com uma intensa programação e abordará temas como: Humanização no atendimento, Ferramentas de Gestão da qualidade, praticas de excelência de gestão, Relações de trabalho, cooperativas de saúde, OSS e outros assuntos voltados à gestão em saúde.

A OCB/AM participará do evento com a Palestra “Cooperativas de Saúde e os desafios da Gestão de Ecxelência”, que será ministrada pelo presidente Petrucio Magalhães Júnior na manhã do dia 28, domingo.

O seminário é voltado para profissionais da saúde de todas as áreas, administradores e gestores de empreendimentos e instituições de saúde publica e privada, prestadores de serviço na área de saúde e acadêmicos do setor. As inscrições podem ser feitas através do site: www.sigularpos.com.br e informações podem ser obtidas através dos fones (92) 3345-2889/99379-5359/98118-4888.

Sistema OCB/AM participará de Seminário sobre Trabalho Infantil e Incentivo à Aprendizagem

Órgãos da esfera trabalhista realizarão, nos dias 3 e 4 de março, em Manaus, o Seminário Amazônico: Enfrentamento ao Trabalho Infantil e Incentivo à Aprendizagem.

O evento é uma iniciativa do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região (TRT11), do Ministério Público do Trabalho da 11ª Região (MPT11) e da Superintendência Regional do Trabalho e Previdência Social no Amazonas (SRTE-AM), com o objetivo de sensibilizar a sociedade amazonense sobre as mazelas do trabalho infantil e a importância de se incentivar a inserção do jovem no mercado de trabalho.

O Seminário será voltado para operadores do Direito, estudantes, conselheiros tutelares, e profissionais que atuam na rede de proteção à criança e ao adolescente e contará com palestrantes de todo o Brasil.

Dentre eles: Ministra do Tribunal Superior do Trabalho e Coordenadora Nacional do Programa de Combate ao Trabalho Infantil da Justiça do Trabalho, Kátia Magalhães Arruda; e o Procurador-Geral do Trabalho, Ronaldo Curado Fleury.

A abertura oficial do Seminário será às 18h do dia 3 de março, no auditório do MPT11.

Também palestrarão no evento o Desembargador do TRT da 9ª Região (Paraná), Ricardo Tadeu Marques Fonseca; o Desembargador Audaliphal Hildebrando da Silva, Gestor Regional do Programa de Combate ao Trabalho Infantil no TRT11, no âmbito do Segundo Grau; a Procuradora do Trabalho da PRT 2ª Região (São Paulo), Elisiane dos Santos, Coordenadora Nacional da Coordinfância; o Coordenador da Comissão Nacional de Erradicação do Trabalho Infantil do Ministério do Trabalho e Previdência Social, Leonardo Soares; e a Secretária Executiva do Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, Isa Maria de Oliveira.

Como Mediadoras do evento, participarão a Desembargadora do TRT 11ª Região, Francisca Rita Alencar Albuquerque; e a Procuradora do Trabalho, Alzira Melo Costa, Coordenadora Regional da Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Coordinfância).

Os interessados em participar no evento podem se inscrever pelo hotsite programaaprendizagem.trt11.jus.br e pelo aplicativo “APPrendizagem”, que já está disponível para dispositivos que usam o sistemas Android e, em breve, estará disponível também para iOs. No dia do evento, solicita-se aos inscritos levar 1 (um) quilo de leite, que será revertido a instituições beneficentes.

Os participantes terão direito a certificado de 10 (dez) horas de Atividades Complementares de Graduação (ACG) àqueles que comparecerem em ambos os dias.

O Seminário tem como apoiadores: Secretaria de Estado da Assistência Social e Cidadania (SEAS-AM); Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (SEJUSC-AM); Federação das Indústrias do Amazonas (FIEAM); Serviço Social da Indústria (SESI-AM); Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI-AM); Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC-AM); Serviço Social do Transporte/Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SEST/SENAT-AM)Serviço Nacional de Aprendizagem Rural

(SENAR-AM), Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado do Amazonas/Serviço Nacional de Aprendizagem e Cooperativismo (OCB/SESCOOP-AM), Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE-AM), Amazonas Distribuidora de Energia S/A (ELETROBRÁS), Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (SINETRAM), e Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 11ª Região (AMATRA XI).

Lançamento do Programa Aprendizagem

Durante o Seminário será lançado o Programa de Enfrentamento ao Trabalho Infantil e Incentivo à Aprendizagem.

A iniciativa tem como objetivo a prevenção e erradicação do trabalho infantil no Amazonas e prevê a execução de ações para incentivar a contratação de jovens em estado de vulnerabilidade econômica e social, fomentando a aprendizagem e o ingresso no mercado de trabalho.

O programa realizará diversas ações ao longo de 2016, que irão envolver instituições de aprendizagem parceiras e empresas privadas, principalmente do Polo Industrial de Manaus.

Seminário Amazônico: Enfrentamento ao Trabalho Infantil e Incentivo à Aprendizagem

Data: 3 e 4 de março

Abertura: 3 de março, às 18h

Local: Auditório do MPT11

End: Av. Mário Ypiranga, 2479, Bairro Flores

Programação

03.03.2016 (quinta-feira)

17h – Credenciamento

18h30 – Abertura

19h – Palestra: Alternativas para o Enfrentamento a Trabalho Infantil

Expositor: Leonardo Soares, Coordenador da Comissão Nacional de Erradicação do Trabalho Infantil (CONAETI) do Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS);

19h40 – Palestra: Avanços e Perspectivas do Combate e Erradicação do Trabalho Infantil
Expositora: Isa Maria de Oliveira, Secretária Executiva do Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (FNPETI);

20h20 – Palestra: A aplicação da Lei de Aprendizagem: Uma Responsabilidade Social

Expositor: Desembargador Ricardo Tadeu Marques Fonseca, do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região;

Mediadora do 1º dia: Alzira Melo Costa, Procuradora do Trabalho e Coordenadora Regional da Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Coordinfância).

21h – Lançamento do Programa Aprendizagem.com

Gestor: Desembargador Audaliphal Hildebrando da Silva;

21h45 – Encerramento e coquetel.

04.03.2016 (sexta-feira)

7h30 – Credenciamento;

8h30 – Palestra: A atuação do Ministério Público do Trabalho no Enfrentamento ao Trabalho Infantil

Expositora: Elisiane dos Santos, Procuradora do Trabalho e Coordenadora Nacional da Coordinfância; (PRT 2ª)

8h45 – Palestra: Aspectos doutrinários e jurisprudenciais do Combate ao Trabalho Infantil e da Lei de Aprendizagem

Expositor: Desembargador Audaliphal Hildebrando da Silva, gestor Regional do Programa de Combate ao Trabalho Infantil no Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região;9h30 – Palestra: Trabalho Infantil no contexto nacional e internacional

Expositor: Ronaldo Curado Fleury, Procurador-Geral do Trabalho do Ministério Público do Trabalho

10h30 – Coffee Break;

10h45 – Conferência: A Erradicação do Trabalho Infantil: Uma questão essencial aos Direitos Humanos

Expositor: Ministra Kátia Magalhães Arruda, do Tribunal Superior do Trabalho, Coordenadora Nacional do Programa de Combate ao Trabalho Infantil da Justiça do Trabalho;

Mediadora do 2º dia: Desembargadora Francisca Rita Alencar Albuquerque, do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região

11h45 – Considerações finais da comissão organizadora do evento, representada pelo Juiz do Trabalho Alexandro Silva Alves;

12h30 – Encerramento

Unicred Sul Catarinense é eleita a melhor cooperativa de SC

"

Florianópolis (16/2) – Com as metas de 2015 conquistadas e superadas, a Unicred Sul Catarinense foi eleita na noite de sexta-feira (12/2) a melhor cooperativa do sistema Unicred em Santa Catarina. O evento de premiação aconteceu em Curitiba/PR sendo que este é o terceiro ano consecutivo que a cooperativa de crédito recebe o reconhecimento. No páreo com a unidade Sul Catarinense estavam outras seis unidades do Estado, entre elas a maior do Brasil, a Unicred Florianópolis.

"O sistema Unicred SC é o mais forte do Brasil, o que torna nossa conquista ainda maior", destaca Diretor Executivo da Unicred Sul Catarinense, Marcelo Lima. Além de ser tricampeã no ranking estadual, a Unicred Sul Catarinense recebeu troféus de melhor desempenho nos indicadores Índice de Cobertura, IPP e Domicílio Bancário.

Outro motivo de comemoração foi a conquista da posição de 5º Lugar no ranking “Top 5” da Unicred do Brasil. Destaque também para a melhor evolução em Patrimônio Líquido e por ser a melhor agência dos portes 4 e 5. Um dos principais motivos que levou à cooperativa aos títulos foi o crescimento de 27% em recursos administrados no ano passado, o maior percentual de crescimento entre as Unicreds do estado.

Segundo Marcelo Lima, esse crescimento ficou, inclusive, acima da média do Sistema Financeiro Nacional. “Encerramos 2015 com todos os resultados do Planejamento Estratégico atingidos. No crédito a evolução foi de 11,5%, em investimentos 26% e no número de cooperados o crescimento foi de 12% o que fez com que fechássemos o ano com 10.300 cooperados”, explicou.

A Unicred Sul Catarinense registrou a maior rentabilidade do estado com um Retorno sobre o Patrimônio Líquido (ROE) de 187%.  Com sede em Criciúma, onde possui três agências, a singular está presente também nas cidades de Imbituba, Laguna, Tubarão, Braço do Norte, Orleans, Içara, Araranguá e Sombrio.
 
MUDANÇA DE PORTE – Ainda no evento, a Unicred Sul Catarinense recebeu troféus pela mudança de porte de algumas agências. Braço do Norte e Laguna passaram de porte 1 para porte 2 e a agência Criciúma de porte 4 para porte 5 sendo que a classificação de porte do Sistema Unicred vai de 1 a 5. (Fonte: Assimp da cooperativa)

"

Sescoop/AM realiza o primeiro curso do ano para conselheiros fiscais de cooperativas

Nos dias 19 e 20/02 o Sescoop/AM realizou Curso para Conselheiros Fiscais de Cooperativas no auditório da Uniodonto – Manaus. Participaram do evento diversos cooperados e dirigentes de cooperativas do estado que teve com instrutor o Superintendente do Sescoop/AM, Adriano Trentin Fassini.

Durante o curso os participantes puderam conhecer com mais profundidade o funcionamento de uma sociedade cooperativa, assim como discutiram através de atividades práticas e trabalhos em grupo, os aspectos relativos à observância dos princípios do cooperativismo e a estrutura de governança de suas cooperativas, possibilitando um entendimento maior da amplitude de atuação de um conselheiro fiscal.

O instrutor e superintendente do Sescoop/AM, Adriano Fassini, destacou que a atuação de um Conselho Fiscal não se restringe somente a avaliar e fiscalizar a atividade financeira da cooperativa, e sim acompanhar todos os atos de gestão e a observância do estatuto social e demais normativos da cooperativa, além de acompanhar o planejamento estratégico e os planos de trabalho, criando uma relação constante de troca de informações com o Conselho de Administração, dos cooperados na sua cooperativa.

Está prevista a realização de mais cursos para Conselheiros Fiscais após o dia 31 de março, data em que encerra-se o prazo legal para as cooperativas realizarem as suas Assembléias gerais Ordinárias, quando novos conselheiros fiscais serão eleitos.

 

Suinocultores que se destacaram em 2015 são premiados

"

Chapecó (3/2) – Cooperativas, técnicos e produtores da suinocultura que se destacaram em 2015 e alcançaram os melhores resultados foram homenageados, na última semana, pela Cooperativa Central Aurora Alimentos. A iniciativa demonstra o compromisso da maior cooperativa de alimentos do país com a sustentabilidade dos negócios do sistema.

O evento contou com a presença dos produtores rurais, dos dirigentes cooperativistas, dos técnicos, supervisores e funcionários das cooperativas filiadas e da Aurora, profissionais da imprensa, entre outros convidados.

O presidente da Cooperativa Central Aurora Alimentos, Mário Lanznaster, enalteceu a importância da homenagem ao ressaltar que, com 47 anos de história, a Aurora reafirma o que tem de melhor “o capital humano, afinal, as pessoas fazem toda a diferença na cooperativa”.

A premiação incluiu as seguintes categorias: “Técnico destaque creche” que tem por objetivo valorizar o profissional desta área, incentivar melhorias da cadeia de produção, buscando sempre a competitividade nos aspetos referentes às questões social, ambiental e econômica, além de divulgar os que fazem a diferença no sistema Aurora.

O vencedor foi Juliano Perotoni que, aos 20 anos, começou a trabalhar na cooperativa de produção, onde atua até os dias atuais. Técnico agropecuário, também possui formação superior em Tecnologia de Empreendimentos e em Agronomia.

Na categoria “Produtor (a) destaque creche Aurora” a ganhadora foi Adriana Savoldi Frigo, que iniciou a atividade com foco para creche em 2014 com capacidade de alojamento para 1,3 mil cabeças. Atualmente aloja três mil e destaca-se pelos bons resultados.  A propriedade, de 21 ha, está localizada em linha De Carli, no município de Concórdia (SC).

Para valorizar quem está fazendo a diferença no Sistema Aurora nos processos de terminação Suicooper II foram homenageados três técnicos destaques. Entre os critérios de análise estiveram os de avaliação dos itens de conversão alimentar, mortalidade na propriedade e no transporte, resultado da auditoria dos técnicos, visita aos produtores e efetividade da aplicação do método Suicooper III.

O técnico destaque foi Claudir Luiz Sgarbossa (Copérdia). Na segunda colocação ficou o técnico Marcelo José Mandrik (Copérdia), e na terceira, o técnico Marcos Antonio Francisco da Roza (Coopervil).

Na categoria produtor, os critérios de avaliação foram conversão alimentar, mortalidade na propriedade e no transporte, participação nos programas de Qualidade Total, infraestrutura da propriedade, aplicação do método Suíno Ideal e fidelidade ao Sistema.

O produtor com maior desempenho e qualificado em primeiro lugar foi Antonio Ademir Appelt (Copérdia), da Linha Borboleta Baixa, no município de Itá. O produtor iniciou suas atividades na suinocultura em 2008 e atualmente possui uma propriedade de 26,3 hectares.

Na segunda colocação ficou o produtor Carlos Bevilacqua (Cooperalfa), que iniciou suas atividades de suinocultura com a cooperativa no sistema de terminação em 2013. Outra fonte de renda em sua propriedade é a cria, recria e terminação de bovinos de corte.

Na terceira colocação ficou o produtor Edson Pekrul (Coopervil), que iniciou a atividade de suinocultura no sistema parceria em setembro de 2013. Atualmente, possui uma propriedade de 54 hectares de área, localizada na comunidade de Cambuinzal, no município de Rio das Antas, na qual trabalha também com a bovinocultura de leite.

Na categoria cooperativa, os critérios de avaliação foram conversão alimentar, mortalidade na propriedade, mortalidade no transporte, peso de abate e uso de nutrição Aurora, sempre levando em consideração os resultados do ano. Em primeiro lugar ficou Colacer, segundo Coopervil e em terceiro Copérdia.

PROGRAMA – O programa “Suíno Ideal” visa melhorar a eficiência da cadeia produtiva. A iniciativa surgiu por meio de um diagnóstico da cadeia de suínos realizada no primeiro semestre de 2007 que resultou em uma proposta de implantação do projeto iniciado em agosto do mesmo ano.

De acordo com o coordenador do programa, Sandro Luiz Tremea, o “Suíno Ideal” é um processo de melhoria contínua e para atender às demandas de mercado, buscando inovações tecnológicas que agreguem valor à cadeia. “Isto se consegue por meio da implantação de padrões de manejo e de assistência técnica. A aplicação destes procedimentos nas rotinas dos técnicos e produtores garante as melhorias que o mercado exige”, realçou.

Com o programa, permitiu elevar o potencial de ganho na cadeia, nos quesitos de mortalidade no campo, mortalidade no transporte, uniformização das carcaças, redução de doenças e conversão alimentar. (Fonte: Assessoria de Imprensa Aurora)

"

Ocepar e Iapar promovem 1ª Rodada Tecnológica nesta terça-feira

"

Curitiba (2/2) – A Ocepar promoveu a 1ª Rodada Tecnológica hoje, em parceria com o Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), no auditório da Coopavel, dentro da programação do Show Rural. A programação contou com debates sobre a utilização de drones em agricultura de precisão. O assunto será abordado por Anderson Toledo, do Iapar, e Neil Brasil, da empresa FT Sistemas.

Depois, haverá demonstração de equipamentos e aplicações. Além disso, a programação contempla uma análise sobre os impactos do Lago de Itaipu na produtividade da soja cultivada na região oeste do estado. Será ainda realizado o lançamento do livro “Produtividade da soja no entorno do reservatório de Itaipu”, editado por Luiz Antônio Zanão Júnior, Rogério Teixeira de Faria e Paulo Henrique Caramori.

INFORMAÇÕES – Mais informações sobre a Rodada Tecnológica com as equipes do DIT/Iapar (43.3376-2159) e da Getec/Ocepar (41.3200-1100)

SHOW RURAL – O Show Rural, considerado um dos mais importantes eventos do agronegócio da América Latina, é organizado pela Cooperativa Coopavel. No ano passado, recebeu 230 mil visitantes, teve 480 expositores, 5.050 demonstrações e experimentos e participação de 4.120 pesquisadores e demais profissionais ligados ao segmento agropecuário. As atividades acontecem numa área de 72 hectares, localizada na rodovia BR 277, Km 577. (Fonte: Assimp Sistema Ocepar)

"

Ocepar vai receber delegações de cooperados durante Show Rural

"

Curitiba (1º/2) – Nesta semana, o Sistema Ocepar receberá as delegações de cooperados durante o Show Rural Coopavel, evento que começa hoje e termina na sexta-feira. Um estande de 100 metros quadrados foi montado pela entidade, no local do evento, em Cascavel, no Oeste do Paraná. As cooperativas paranaenses estão organizando a ida de cerca de três mil cooperados, que se deslocarão de diversas partes do estado por meio de 90 ônibus.

Todos os anos, a Ocepar recebe cerca de 500 pessoas por dia no estande, entre cooperativistas, autoridades e demais visitantes. Na oportunidade, os profissionais da entidade realizam a divulgação do trabalho realizado pelo cooperativismo paranaense, que atualmente engloba um milhão de cooperados vinculados a 220 cooperativas de 10 diferentes ramos. No ano passado, o setor alcançou R$ 56,5 bilhões de movimentação econômica.

A Ocepar também vai promover a 1ª Rodada Tecnológica, em parceria com o Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), no auditório da Coopavel. A programação inicia com debates sobre a utilização de drones em agricultura de precisão. O assunto será abordado por Anderson Toledo, do Iapar, e Neil Brasil, da empresa FT Sistemas. Depois, haverá demonstração de equipamentos e aplicações.

Além disso, a programação contempla uma análise sobre os impactos do Lago de Itaipu na produtividade da soja cultivada na região Oeste do Estado. Será ainda realizado o lançamento do livro “Produtividade da soja no entorno do reservatório de Itaipu”, editado por Luiz Antônio Zanão Júnior, Rogério Teixeira de Faria e Paulo Henrique Caramori.

INFORMAÇÕES – Mais informações sobre a Rodada Tecnológica com as equipes do DIT/ Iapar (43 3376-2159) e da Getec/Ocepar (41 3200-1100)

SHOW RURAL – O Show Rural, considerado um dos mais importantes eventos do agronegócio da América Latina, é organizado pela Cooperativa Coopavel há 28 anos. No ano passado, recebeu 230 mil visitantes, teve 480 expositores, 5.050 demonstrações e experimentos e participação de 4.120 pesquisadores e demais profissionais ligados ao segmento agropecuário. As atividades acontecem numa área de 72 hectares, localizada na rodovia BR 277, Km 577. (Fonte: Assimp Sistema Ocepar)

"