Notícias eventos

 

Premiados os ganhadores do 10° Concurso de Qualidade de Café – Seleção Senhor Café – Alta Mogiana

"

Franca (16/10) – A Cocapec - Cooperativa de Cafeicultores e Agropecuaristas realizou a entrega dos prêmios aos ganhadores do 10° Concurso de Qualidade de Café – Seleção Senhor Café – Alta Mogiana. A cerimônia aconteceu no Auditório do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem da Indústria) e foi apreciado pela diretoria e colaboradores da cooperativa, cooperados e autoridades locais. O evento, realizado na quinta-feira (10/10), também contou com a presença do palestrante Marcelo Prado, sócio fundador da M. Prado Consultoria Empresarial que falou sobre “Gestão do Empreendimento Rural”.

Na ocasião foram conhecidos os melhores cafés da categoria Cereja Descascado e Café Natural (via seca), sendo que os 5 melhores preparados por via seca foram contemplados com prêmios (vale compras) a serem utilizados nas lojas da Cocapec.


GANHADORES

CAFÉ NATURAL

1º Lugar - R$ 10 mil - Luís Guilherme Carrion - Sítio N. Sra. Aparecida – Capetinga/MG

2º Lugar - R$ 8 mil - Luciana Cristina M. Silveira - Faz. N. Sra. Aparecida – Ibiraci /MG

3º Lugar - R$ 6 mil - José Augusto Peixoto - Faz. São José da Bela Vista – Ibiraci/MG

4º Lugar - R$ 4 mil - Salim Feres Sobrinho - Faz. Rodolfo de Almeida –Pedregulho/SP

5º Lugar - R$ 2 mil - José Leandro Borges de Freitas - Sítio da Moca – Ibiraci MG

CEREJA DESCASCADO

1º Lugar - Francisco Antônio Rios Corral  - Faz. Santana – Pedregulho/SP

2º Lugar - Ailton José Rodrigues - Sítio São Domingos – Pedregulho/SP

3º Lugar - Niwaldo Antônio Rodrigues - Faz. da Lagoa – Pedregulho/SP

4º Lugar - Luiz Eduardo Moreira Junqueira - Faz. Vila Maria – São José do Rio Pardo/SP

5º Lugar - Eurípedes Alves Pereira - Fazenda Santa Terezinha – Cássia/MG

SURPRESA - Uma grande surpresa para os presentes foi anunciada pelo Gerente do Departamento de Café da Cocapec, Anselmo Magno de Paula. “Atendendo aos anseios do mercado e valorizando o café dos nossos cooperados, a Cocapec pagará um adicional de R$ 50,00 por saca para os lotes dos 20 primeiros classificados da Categoria Café Natural”, informou o gerente.

A Cocapec agradece aos cooperados que participaram do 10° Concurso de Qualidade de Café – Seleção Senhor Café – Alta Mogiana e parabeniza os ganhadores. (Assessoria da Cocapec)

"

Reconhecidos empreendedores rurais que investem em práticas sustentáveis

"

Chapecó (11/10) - Os produtores que adotaram práticas diferenciadas, melhorando a qualidade de vida e a renda da empresa rural sem agredir o meio ambiente foram distinguidos no último sábado (5) com o Prêmio Empreendedor Cooperativista – Troféu Aury Luiz Bodanese. A iniciativa, em sua 4ª edição, é da Cooperativa Central Aurora Alimentos, Fundação Aury Luiz Bodanese, Sebrae/SC e Movimento Catarinense pela Excelência (MCE), com apoio do Senar/SC, Sescoop/SC e Sicoob.

O evento ocorreu no Restaurante Industrial no parque de exposições Tancredo Neves, onde transcorre até domingo (13) a Exposição-feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó (EFAPI 2013). Participaram da solenidade aproximadamente 300 pessoas, entre autoridades, famílias de produtores rurais e profissionais da imprensa.

Os vencedores foram: em primeiro lugar Darci Buffon, da Copervil, do município de Iomerê; em segundo lugar a empresa rural da Família Ecker e Palú, da Cooperalfa do município de Guaraciaba e em terceira colocação Luiz Carlos Bernardi, da empresa rural “Bella Vita”, da Cooperitaitu, do município de Modelo.

A propriedade da Família Buffon possui 20 hectares e tem como atividade principal a bovinocultura leiteira. O filho Lucimar Buffon, 23 anos, e a esposa Dorilene, 43, receberam a homenagem e a premiação e relataram há cerca de quatro anos participam de programas do Sebrae/SC e do Senar/SC para dar continuidade às ações na propriedade. “Com a capacitação conseguimos ampliar o controle da fazenda e visualizar a propriedade de maneira diferenciada. Esta premiação nos motiva para trabalhar ainda mais”, comemoram.

Os irmãos da empresa rural da Família Ecker e Palú, Adriana Ecker, 31 anos, e Roberto Ecker, 22, receberam o prêmio com satisfação, pois é o resultado do trabalho do dia a dia na propriedade. “Isso nos dá mais ânimo para continuar as ações desenvolvidas e para avançar cada vez mais”, ressaltaram.

A propriedade da família possui 22 hectares e tem como atividade principal a bovinocultura de leite e a produção de suínos para consumo próprio. Os irmãos explicaram que resolveram participar dos programas com o objetivo de melhorar a produtividade e incentivar o crescimento pessoal. “Como resultado obtivemos organização da propriedade, controle das receitas, despesas e do lucro”, revelaram.

Para o diretor de agropecuária da Aurora e presidente da Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (Ocesc), Marcos Zordan, o prêmio é o reconhecimento ao que os empresários rurais fizeram em suas propriedades. Os resultados geram mais tranquilidade para o produtor, que absorveu a importância de envolver a família em todo o processo. “O programa QT Rural mudou o relacionamento das famílias com as cooperativas, que atualmente participam com visão empresarial”, observou. (Assimp OCES)

"

Lançamentos regionais em Toledo e Palotina somam 60 participantes

"

Toledo (10/10) - Dois lançamentos regionais do 10º Prêmio Ocepar de Jornalismo foram realizados nesta terça-feira (08/10), em Toledo e Palotina, no Oeste do Estado, contabilizando 60 profissionais de imprensa e assessores das cooperativas. O coordenador de Comunicação do Sistema Ocepar, Samuel Milléo Filho, fez a apresentação das novidades dessa edição do concurso. A jornalista da Unimed Paraná, Jossânia Veloso, também acompanhou os eventos.

O presidente do Sicredi Oeste, Círio Kunzler, também esteve presente no evento e disse ser motivo de orgulho a cooperativa receber um dos lançamentos regionais do concurso em Toledo. “Eu vejo ainda esse prêmio como de fundamental importância para os demais municípios porque aqui o cooperativismo em todos os ramos é muito forte e, com isso, valoriza o desenvolvimento econômico e social da nossa região. Acredito que o jornalismo em si também está sendo agraciado com a divulgação dos trabalhos que serão realizados sobre o cooperativismo tanto agropecuário, como em todos os ramos e, principalmente do crédito, o qual estamos representando”, frisou.

Programação – O 10º Prêmio Ocepar de Jornalismo já foi lançado em Curitiba, no dia 24 de setembro, e os lançamentos regionais começaram na segunda-feira (07/10), por Cascavel, e devem prosseguir ao longo do mês de outubro. O próximo evento acontece nesta quinta-feira (10/10), em Francisco Beltrão, e os demais serão realizados em Ponta Grossa (14/10), Guarapuava (15/10), Apucarana (22/10), Londrina (22/10), Maringá (23/10), Campo Mourão (25/10) e Pato Branco, com data a ser confirmada.

Serviço – O concurso é promovido pelo Sistema Ocepar com patrocínio do Sicredi Paraná e Federação Unimed e apoio dos Sindicatos de Jornalistas do Paraná e do Norte do Paraná e da Fenaj. Mais informações pelo fone (41) 3200-1150, e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou no portal: www.paranacooperativo.coop.br. (Assimp Ocepar)

"

Dirigentes cooperativistas do TO discutirão estratégias para 2014

"

Palmas (09/10) – Promover a intercooperação, a troca de ideias e experiências entre as cooperativas do Tocantins. Esse é o objetivo do VII Encontro Tocantinense do Cooperativismo, que acontece em Palmas, na próxima sexta-feira, 11/10, na sede do Sistema OCB/TO, responsável pela organização do evento – que também visa a discutir temas do cenário econômico e político do Brasil e, ainda, a formular propostas para fortalecer o sistema cooperativo no estado.

O encontro terá a participação de gerentes e dirigentes das 40 cooperativas e acontecerá das 8h às 17h. Ao longo do dia, além de traçarem as estratégias do Sistema OCB/TO para o ano de 2014, os participantes vão assistir a palestra do presidente da Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar) e diretor do Sistema OCB Nacional, João Paulo Koslovski. Ele vai abordar o tema “As ações determinantes para o sucesso das cooperativas”.

COAPA - O site da Coapa - Cooperativa Agroindustrial do Tocantins está de cara nova. Fique por dentro das notícias do cooperativismo e do agronegócio. Acesse www.coapa.com.br. (Assessoria de Imprensa do Sistema OCB/TO, com informações da Assimp Coapa)

"

AGRÁRIA: Wintershow será realizado de 16 a 18 de outubro, em Entre Rios

"

Guarapuava (08/10) - De 16 a 18 de outubro, a Cooperativa Agrária promove mais uma edição do Wintershow, no distrito de Entre Rios, em Guarapuava, na região centro-sul do Paraná. De cunho técnico, o evento deve receber mais de duas mil pessoas. Nos dois primeiros dias, seis pesquisadores da Fapa (Fundação Agrária de Pesquisa Agropecuária) vão expor a excelência das tecnologias desenvolvidas para trigo, cevada, canola, aveia, fertilidade, fitopatologia e mecanização agrícola. Quatro especialistas, sendo três nacionais e um convidado da Alemanha, apresentarão temas relacionados às novidades do mercado agrícola, manejo de doenças, influências climáticas e melhoramento de cevada.

REFERÊNCIA - Referência em tecnologias de cereais de inverno no Brasil, o Wintershow 2013 repete o formato do ano passado, sendo todo realizado nos campos da Fapa. “O distrito de Entre Rios é um polo regional de difusão de tecnologia de cereais de inverno”, frisou o presidente da Agrária, Jorge Karl. “As novidades e tecnologias desenvolvidas estarão novamente presentes no Wintershow”, acrescentou.

PROGRAMAÇÃO - A programação inicia às 9h do dia 16 de outubro, com o palestrante convidado André Pessoa, da Agroconsult, que abordará o tema “Perspectivas de mercado agrícola de cereais de inverno e verão”. Em seguida, o especialista Dauri José Tessmann, da UEM (Universidade Estadual de Maringá), falará sobre “Manejo de doenças em cereais de inverno”.

CLIMA E MELHORAMENTO DE CEVADA - No dia 17, o meteorologista do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), Renato Lazinski, discorrerá, a partir das 9h, sobre a “Influência do clima nas produtividades das culturas de inverno e verão”. E, às 11h, terá lugar a palestra internacional com o pesquisador e melhorista alemão Markus Herz, da LfL (Bayerische Landesanstalt für Landwirtschaft - centro de pesquisa agrícola do Estado da Baviera), o qual apresentará “Avanços e perspectivas do melhoramento de cevada na Alemanha”.

DINÂMICAS - Durante a tarde, ocorrerão as palestras simultâneas dos seis pesquisadores da Fapa, a partir das 13h30. Também haverá espaço destinado à dinâmica de máquinas agrícolas e test drive de pick-ups, com apresentação de novidades tecnológicas por parte de empresas expositoras. Produtores e interessados em adquirir equipamentos terão a oportunidade de avaliá-los com maior acuidade durante o balcão de negócios, que será realizado no dia 18. “O visitante poderá discutir detalhes com nosso pesquisador de mecanização agrícola”, explicou o coordenador da Fapa, Leandro Bren.

PRODUTIVIDADES ACIMA DA MÉDIA - As pesquisas desenvolvidas pela Fapa possibilitam, aos cooperados da Agrária, materiais com produtividades acima da média brasileira, além de atender as demandas por qualidade exigidas pelos clientes das indústrias de malte, trigo, rações e óleo e farelo de soja da cooperativa. “A pesquisa na Agrária é o nosso norte em relação à atividade agrícola”, destacou Jorge Karl. “Estamos presentes em todos os elos da cadeia produtiva, desde a pesquisa até o fornecimento do produto final aos nossos clientes. E isso é apresentado no Wintershow”.

RECORDES - O resultado da pesquisa, aliada às recomendações da assistência técnica específica, geraram produtividades recordes dos cooperados da Agrária, os quais chegaram a colher, em média, 4.400 kg/ha de cevada e 3.800 kg/ha de trigo (em 2011). Orientações agronômicas, como a época preferencial de plantio evitaram perdas, mesmo com as intensas geadas registradas em 2013. (Sistema OCEPAR)

"

Expocoop 2014: OCEPAR reúne organizadores e apoiadores da feira para discutirem evento

"

Curitiba (07/10) - – Em maio do ano que vem, o Brasil vai receber a 9ª edição da Feira Mundial do Cooperativismo (Expocoop 2014). O evento acontecerá em Curitiba (PR) e reunirá cooperativas de mais de 20 países. Até o momento, já estão confirmadas representantes das seguintes nações, além do Brasil: Itália, Argentina, Rússia, Índia, Indonésia e Portugal. A Expocoop é uma feira profissional destinada a promover produtos e serviços de cooperativas de todos os ramos.Os objetivos principais são fornecer às cooperativas a oportunidade de mostrar suas mais recentes inovações e, ainda, criar uma plataforma de negócios entre os produtores e o mercado consumidor internacional.

A reunião preparatória para a feira aconteceu nesta sexta-feira, 4/10, em Curitiba, e contou com as presenças de representantes do Sistema OCEPAR, do Sistema OCB e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) – representada pela Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo (SDC) – e do Sebrae/PR e da Cooperativa Paranaense de Turismo (Cooptur). O encontro foi aberto pelo superintendente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken, que destacou a importância de promover o intercâmbio entre cooperativas de diversas partes do mundo. De manhã, o grupo também fez uma visita a Expo Unimed Curitiba, para conhecer melhor o local onde a feira será realizada.

ÍCONE - De acordo com os organizadores, a Expocoop 2014 será um ícone e uma referência em negócios com foco no agronegócio e nas agroindústrias, com a participação de cooperativas de todo o Brasil e dos principais países do cenário mundial. Além da exposição, comercialização, divulgação de produtos e inovações tecnológicas, haverá grandes oportunidades para as cooperativas brasileiras como: rodadas de negócios, internacionalização, bolsa de investimentos, networking para alianças estratégicas e a promoção da intercooperação com o mercado nacional e mundial.

AMPLIADA - Ampliada e estimulada pelo sucesso das edições anteriores realizadas no Brasil, Portugal, Índia e Inglaterra, a Feira transformou-se em um importante instrumento de inserção dos produtos e serviços no mercado interno e externo. Estes resultados asseguraram a incorporação da Expocoop 2014 no calendário das mais importantes feiras mundiais.

PROGRAMAÇÃO TÉCNICA - A Expocoop 2014 terá, na programação, dois dias dedicados aos profissionais do cooperativismo e um dia ao público em geral. Aproximadamente seis mil pessoas são esperadas em três dias de evento, que ocorre de 15 a 17 de maio de 2014, no Expo Unimed Curitiba. (Assessoria de Imprensa do Mapa)

PRESENÇAS - O encontro contou com as presenças de: José Roberto Ricken, superintendente do Sistema Ocepar; Dick de Geus, presidente da Cooptur;  Ana Branco, presidente da WTM Europe, empresa organizadora do evento; das representantes do Ministério da Agricultura, Vera Lucia Oliveira Daller e Aura Domingos Pereira; da gerente de Comunicação do Sistema OCB, Guaíra Flor; do gerente de Desenvolvimento Humano do Sescoop/PR, Leonardo Boesche, e do coordenador de Comunicação do Sistema Ocepar, Samuel Milléo Filho; de Débora Rickili, também da Cooptur, e Andreia Claudino, do Sebrae/PR.

(Gerência de Comunicação do Sistema OCB em parceria com a Assessoria de Imprensa do Sistema OCEPAR e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento)

"

Unimed Mercosul promove Encontro de Atenção Integral em Saúde

"

Florianópolis (07/10) – Pelo segundo ano, a Unimed Mercosul promoverá o Encontro de Atenção Integral em Saúde. Este evento tem por objetivo trazer ao debate um dos temas mais importantes da atualidade: a atenção de forma integral à saúde. A temática será: “Práticas e perspectivas de um novo modelo” que destaca a implantação de um novo modelo de atenção primária em saúde.

O Encontro será realizado no dia 25 de outubro, no Hotel Majestic, em Florianópolis/SC. A abertura está programada para as 13h com a presença do presidente da Unimed Mercosul, Edevard de Araujo.

INSCRIÇÕES – As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo telefone (48) 3221-4400 (Letícia). (Assimp OCESC)

"

Coapro vende 130 quilos de mel em feira de negócios

"

Goiânia (07/10) - A participação da Cooperativa Mista Agropecuária dos Produtores de Orizona (Coapro) na 12ª Convenção e Feira de Negócios para Supermercados e Panificadoras (SuperAgos) gerou frutos bem doces. Durante os três dias de exposição na feira anual de negócios, a cooperativa negociou 130 quilos de mel in natura. A feira aconteceu no fim de setembro.

"Vendemos todo o nosso estoque", comemorou Maurílio Pereira de Castro, diretor-secretário da cooperativa. A convenção é promovida pela Associação Goiana de Supermercados (AGS) e, neste ano, foi realizada no Centro de Convenções de Goiânia.

Durante o evento, o estande da Coapro recebeu mais de 50 visitantes por dia. Quem passou por lá degustou mel e tirou dúvidas sobre os processos de produção, localização da sede e se informou sobre como se associar à cooperativa. Maurílio Castro afirmou que a participação na feira foi uma boa oportunidade para ampliar o mercado da Coapro, pois o evento é consagrado dentro do segmento e o público participante é específico. “Ter a oportunidade de mostrar nosso produto foi com certeza o principal ponto positivo dessa participação”, ressalta.

A cooperativa também aproveitou o espaço para divulgar o 1° Seminário de Apicultura do Cerrado, que será realizado em Goiânia, de 7 a 9 de novembro deste ano. Durante a programação, a Coapro terá destaque entre os expositores, já que é parceira na realização do evento.

A cooperativa, que tem o selo de garantia do Serviço de Inspeção Federal (SIF), terá dois estandes no seminário. Um para expor o mel produzido pelos associados e o outro com os materiais necessários na rotina de trabalho do apicultor. Todas as oficinas de culinária realizadas durante o evento utilizarão o mel produzido pela cooperativa. (Agência Sebrae de Notícias)

"

Conferência Regional da ACI-Américas tem início neste domingo

"

Internacional (4/10) – Um olhar para o futuro e os passos necessários para firmar nossas perspectivas em relação ao modelo cooperativista. Com este foco, tem início neste domingo (6/10) a XVIII Conferência Regional ACI-Américas. O evento, que este ano traz como tema “A década das cooperativas – cenários e perspectivas”, conta com uma programação extensa, composta por grandes nomes do cooperativismo internacional. Entre os conferencistas convidados estão grandes expoentes como o embaixador especial do cooperativismo na FAO, Roberto Rodrigues, ex-presidente do Sistema OCB; o diretor do departamento de desenvolvimento empresarial e de criação de emprego da Organização Interacional do Trabalho, Peter Poschen e a presidente da ACI, Dame Pauline Green.

Aproveitando a oportunidade ímpar de reunir importantes agentes do setor cooperativista,  no dia 10 de outubro será realizado – como parte integrante da Conferência –, um encontro entre parlamentares que atuam em prol do cooperativismo. O objetivo, segundo a gerente de Relações Institucionais, Fabíola Motta, é promover uma troca de experiências e fortalecimento do intercâmbio multilateral entre representantes dos diversos países participantes. “Nosso foco é a busca pelo aperfeiçoamento dos marcos jurídicos das legislações dos países membros. Na ocasião, serão divulgadas boas práticas, além de reforçar o conceito da intercooperação e debater cenários de atuação conjunta”, pontua a gestora.
 
Às 14h do dia 10, a Presidente da ACI, Pauline Green, fará uma exposição para os parlamentares presentes que, posteriormente, debaterão ações para o fortalecimento do cooperativismo no mundo.
 
A Conferência é uma iniciativa da Aliança Cooperativa Internacional das Américas (ACI Américas) e da Unimed do Brasil, com amplo apoio do Sistema OCB. O evento acontece entre os dias 6 e 11 de outubro, no Guarujá (SP). Mais informações: www.conferenciaaciamericas2013.com
"

4ª edição do FestFlor Brasil começa em Brasília

"

Brasília (4/10) - Entre os dias 3 e 6 de outubro, será realizada no Pátio Brasil Shopping, a 4ª edição da FestFlor Brasil – Feira Nacional de Flores, Decoração e Plantas Ornamentais. O evento reúne desde a cadeia produtiva do setor até insumos para a produção e acessórios para decoradores e tem como objetivo fortalecer o vínculo entre produtores e consumidores e incrementar o mercado que movimenta cerca de R$ 120 milhões por ano no Distrito Federal.

O Salão dos Produtores de Flores e Plantas Ornamentais será um dos destaques da 4ª FestFlor Brasil. Serão 600m² de área com cerca de 80 stands. A Cooperativa Multiflor participará com mais de 30 pequenos produtores e 45 mulheres rurais, que vão comercializar cachepôs feitos com fibra de bananeiras. A Associação Central Flores terá 14 produtores presentes e, nos espaços individuais, outros 30 produtores de flores e plantas ornamentais expõem e comercializam seus produtos. São crisântemos, gérberas, boca-de-leão, áster, copo-de-leite, lisiantus, petúnias, samambaias, pimentas, palmeiras e muitas outras flores, folhagens e plantas ornamentais cultivadas por famílias rurais.

As três edições anteriores da FestFlor mostraram resultados expressivos que impulsionaram ainda mais o segmento no DF. Em 2012, a FestFlor Brasil atraiu 30 mil pessoas e movimentou R$ 2 milhões de reais em negócios. O sucesso da Feira se deve ao potencial de expansão do setor de produção de flores e plantas ornamentais do DF – um dos centros urbanos do mundo com mais área verde por habitante e a maior concentração de jardins planejados do Brasil.

A capital federal é o terceiro maior mercado consumidor de flores e plantas ornamentais do país e o primeiro no consumo per capita. Entretanto, somente 20% desta demanda é coberta pela produção local e regional. O Distrito Federal conta, hoje, com de 131 produtores de flores e de plantas ornamentais em cerca de 500 hectares de produção, divididas em flores e folhagens de corte tropicais, flores de corte temperadas, flores e plantas para vasos, forrações, plantas para jardins, palmeiras e gramas.
(Fonte: Sistema OCDF)
 

"

Sábado é dia de Cooperativismo e Arte nos Parques de BH

"

Belo Horizonte (4/10) - A Praça Carlos Chagas, mais conhecida como Praça da Assembleia, será palco de muita alegria, diversão e lições cooperativistas, na última edição de 2013 do projeto Cooperativismo e Arte nos Parques de BH. O evento acontecerá neste sábado (05/10), a partir das 9h da manhã, em comemoração ao Dia das Crianças. Promovido desde 2008 pelo Sistema Ocemg, o projeto cultural passa pelos espaços públicos da capital levando música e informação para a sociedade belo-horizontina.

Para encerrar o ano com chave de ouro, as atividades já estão sendo preparadas. Haverá pipoca, algodão-doce, oficinas e muitas brincadeiras para os pequenos. Já os adultos poderão participar de jogos e se divertir ao som da Orquestra Musiart, Cooperativa de Arte e Música de Minas Gerais, que possui um repertório variado nacional e internacional. Segundo o presidente do Sistema Ocemg, Ronaldo Scucato, a iniciativa visa aproximar as pessoas dos valores e princípios do cooperativismo, por meio de atividades culturais e de lazer.
 
O projeto é uma iniciativa do Sistema, em parceria com a Fundação de Parques Municipais (FPM). Este ano, outras três edições do evento foram realizadas: em abril, celebrando o Dia Mundial da Saúde; em maio, no Dia das Mães; e em junho, comemorando o Dia Mundial do Meio Ambiente. De acordo com a área de Promoção Social do Sistema, quase sete mil pessoas já prestigiaram as atividades do Cooperativismo e Arte nos Parques de BH em 2013. A estimativa é que cerca de mil pessoas passem pela Praça da Assembleia no próximo dia 05.

(Fonte: Sistema Ocemg)
"

Passeio ciclístico do Pró Uni movimenta Campos

"

Rio de Janeiro (1º/10) - A Cooperativa de Trabalho Educacional Colégio Professor Clóvis Tavares (Pró Uni) promoveu no sábado, 28 de setembro, o 5º Passeio Ciclístico, estimulando a prática de atividades físicas saudáveis. O evento fez parte das comemorações do 18º aniversário da unidade escolar. O Sistema OCB/RJ apoiou e distribuiu brindes, como camisa e squeeze aos cerca de 300 participantes.

O passeio percorreu as ruas do bairro onde a Pró Uni localiza-se. Ao término, aconteceram brincadeiras e gincanas com a participação do corpo docente da escola, pais e alunos.

Em seus 18 anos, o Pró Uni oferece ensino regular nos níveis Fundamental e Médio. Também possui cursos extensivos de preparação para o ingresso na Educação Superior.

O ex-presidente da cooperativa, Manoel Luiz, conhecido como Maneco, e a diretora Sônia Sampaio hastearam a bandeira nacional, dando início às comemorações do aniversário, que se estendem até outubro com palestras motivacionais para alunos, pais e professores, culto ecumênico e diversas atividades culturais no colégio. “Eventos como este promovem a integração entre professores, pais e alunos. Desenvolveremos a ‘cooperaula’, onde os professores irão ministrar aulas de forma não tradicional, com alguma novidade em sala. Também iremos inaugurar uma exposição com fotos contando a história do Colégio”, contou o atual presidente, Gleidson Martins.

O diretor da OCB/RJ, Vinícius Mesquita, participou representando o presidente Marcos Diaz e declarou que a cooperativa está de parabéns por levar em frente um dos princípios do cooperativismo, que é a atenção à comunidade com atividades que promovem saúde e bem estar, aproximando a instituição da comunidade. “Esta é uma bonita festa com ações de intercooperação na região, com a Uniodonto e Unimed Campos. O Sistema OCB/Sescoop-RJ cumpre seu papel de fomentar iniciativas como esta, levando a mensagem de que o Sistema está cada vez mais próximo das cooperativas”, disse.

Depois da apresentação da banda da Polícia Militar de Campos dos Goytacazes, churrasco e diversão garantida para a criançada. Na saudável disputa por quem arrecadou mais donativos, numa ação social da cooperativa, a equipe vencedora repassou o prêmio (uma bicicleta) para doação e seus recursos financeiros entregues para uma instituição de caridade. Dentre as gincanas, prêmio para o dono da bicicleta mais antiga - e a mais enfeitada. “O nome que eu dei para o boneco foi Juscelino. Não sei o motivo, mas ele não tem cara de Juscelino?”, perguntou Davi Souza, o ganhador.

A Unimed Campos aferiu a pressão e mediu a glicose dos participantes. A Uniodonto Campos também apoiou o evento distribuindo vários brindes. De acordo com os organizadores, o número de participantes superou a expectativa.

A representante do ramo Educacional do Rio de Janeiro, Adelina Salles, ressaltou que o objetivo do cooperativismo é ultrapassar os muros da cooperativa e mostrar que a cooperação acontece na prática. “Ações como esta são importantes para divulgar o cooperativismo”, disse.

Também participaram do evento a coordenadora de Promoção Social do Sescoop/RJ, Cristiane Quaresma, e o representante do Escritório Regional do Norte Fluminense, Willian Azevedo. (Ascom Sistema OCB/RJ)

"

Sicoob do Vale promove intercooperação em seu IV Seminário Cooperativista

"

Rubiataba (27/09) – A Cooperativa de Crédito de Livre Admissão de Rubiataba e Região (Sicoob do Vale) promoveu, com o apoio do Sescoop/GO, o IV Seminário Cooperativista de Rubiataba e Região. Com o tema “Cooperativismo e Responsabilidade Social”, o evento foi realizado reuniu 210 pessoas, dentre associados, seus familiares e convidados.

Em um belo exemplo de intercooperação, o Seminário contou com o apoio de do Sindicato Rural da cidade e de três cooperativas: a Cooper-Agro, Cooper-Rubi e Coomafar.

Duas palestras integraram à programação do seminário. O especialista em motivação, Ainor Lotério, abordou o tema “Cooperativismo – Motivação e Influência na Responsabilidade Social” e o professor e mágico, Marcelo Sattin, apresentou a palestra “A Magia do Sucesso Pessoal & Profissional”.

Durante o evento, estudantes de escolas apadrinhadas pelo Sicoob do Vale no programa Cooperjovem – executado pelo Sescoop/GO que leva ensinamentos sobre o cooperativismo aos alunos de escolas públicas – fizeram apresentações artísticas e teatrais, abordando a importância do cooperativismo e da responsabilidade ambiental e social.

O Sicoob do Vale ainda recolheu 400 quilos de alimentos nãoperecíveis, que foram doados a três entidades de Rubiataba: um abrigo para idosos e duas entidades de assistência a crianças e adolescentes abandonados. (Assimp Sistema OCB/GO)

"

Café de Cooperativa do ES é campeão em teste de degustação

"

Vitória (26/09) - Provadores reconhecidos internacionalmente participavam de mais um cupping (teste de xícara). Na mesa, seis amostras dos melhores cafés naturais do Brasil. A rodada de prova foi para encerrar a Conferência de Cafés Naturais, realizada durante o Salão Internacional do Café em Belo Horizonte, Minas Gerais.
 
Os 12 degustadores avaliaram dez critérios, cada um valendo de zero a dez pontos, perfazendo um total máximo de 100 pontos. O melhor café da mesa, um arábica mineiro, recebeu nota 87. O que ninguém sabia é que, infiltrado nas amostras de arábica, estava um conilon natural capixaba, que levou nada menos que 82 pontos. O conilon capixaba obteve uma qualificação superior às amostras de dois arábicas naturais comerciais que estavam na mesa.
 
“Tudo começou numa brincadeira. A prova era de arábica natural. E alguém sugeriu colocar essa amostra de conilon. Ninguém imaginava que tinha conilon ali no meio, e ninguém esperava que ele obtivesse uma nota tão alta”, disse Gustavo Sturm, degustador da Conilon Brasil, integrante da comitiva do Espírito Santo no evento, liderada pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper).
 
A notícia do conilon intruso surpreendeu os paladares mais exigentes do mercado cafeeiro mundial. O mexicano Manuel Diaz, que desenvolveu para o mundo o protocolo de análise sensorial do robusta fino, lembrou que muitos provadores identificaram características diferentes naquela amostra. “O aroma do café seco não agradou muito. Mas quando adicionaram água, nuances frutadas, doces e achocolatadas ficaram evidentes. Eles começaram a mudar as notas atribuídas àquela amostra”, disse o especialista.
 
O conilon natural tão surpreendente é cultivado pelo cafeicultor Luiz Cláudio de Souza, no Sítio Graças a Deus, em Muqui, município situado na Região Sul do Espírito Santo, a 550 metros de altitude. Ele já estava na estrada, voltando de Belo Horizonte, quando saiu o resultado dos testes de qualidade.
 
A boa nova chegou por telefone. Os portadores da notícia foram os filhos de seu Luiz Cláudio, Talles e Tássio Souza. “Ele não se cabe. Tá muito satisfeito, porque coroa o trabalho que ele faz desde o plantio. Ele cuida do cafezal igual a quem cuida de menino novo”, diz Talles, com a pronúncia alargada pelo enorme sorriso. O café de seu Luiz Cláudio foi parar em Belo Horizonte por intermédio da Cafesul, cooperativa da qual ele faz parte, e da qual o filho Talles é gerente operacional e degustador.

As colocações do filho mais novo de seu Luiz Cláudio, Tássio Souza, são um pouco mais técnicas, mas não menos orgulhosas. Pudera. Tássio é técnico agrícola, servidor do Incaper, e fez questão de adotar todas as tecnologias recomendadas pelo Instituto na lavoura da família. “Esse é um conilon da variedade ‘Vitória’, desenvolvida pelo Incaper. A maturação dos grãos foi tardia e uniforme. O café ia para o terreiro coberto todo dia. O segredo? Adubação equilibrada e as mexidas no terreiro!”, revelou, evidenciando as qualidades da variedade ‘Vitória Incaper 8142’, amplamente utilizada no programa de renovação das lavouras do Estado do Espírito Santo.
 
“Para nós, é um orgulho enorme. Estamos há três anos participando de concursos de qualidade e começamos a colher os frutos deste trabalho de conscientização do produtor em busca da qualidade”, disse Carlos Renato Theodoro, presidente da Cafesul.
 
E o conilon capixaba, condecorado segundo o protocolo do arábica, começa a ser desvendado. “A qualidade do conilon está sendo revelada. Ela existe e nós não conhecíamos”, disse em tom emocionado o pesquisador do Incaper e coordenador do programa de cafeicultura do Espírito Santo, Romário Gava Ferrão.
 
“Muitos produtores de arábica de qualidade medíocre se renderão ao conilon. Não devemos nos preocupar em parecer com o arábica. Temos que descobrir os sabores escondidos no grão do conilon”, finalizou Manuel Diaz. No caso do conilon do seu Luiz Cláudio, essas características já foram desvendadas, ainda que por acaso: acidez e doçura na medida certa; toques de vinho e pimenta. Características exóticas, que garantiram o triunfo do conilon capixaba.

Tal qual patinho feio banido de seu reduto, o conilon ‘Vitória’ enfrentou doses variadas de rejeição. Agora, é chegada a hora do belo cisne manifestar-se diante dos seus.

"

Preparativos para o 13° Cooperjogos estão a todo vapor

"

Brasília, 25/9/2013 - Na tarde desta terça-feira (24), o Sistema OCDF se reuniu com coordenadores de ramo das cooperativas para discutir questões relacionadas ao 13° Cooperjogos. O presidente Roberto Marazzi fez a abertura da reunião, deu boas vindas aos participantes e em seguida informou sobre a mudança da data da realização do Cooperjogos  de julho para novembro. “O Cooperjogos não foi realizado em julho por um motivo especial, este ano comemoramos 40 anos do cooperativismo do DF. A Organização as Cooperativas do Distrito Federal (OCDF) celebra 40 anos de uma história dedicada a representação política, econômica e social em defesa aos interesses das cooperativas e os eventos em homenagem a esta data serão realizados no mês de novembro, por essa razão, excepcionalmente este ano o Cooperjogos será realizado nesse mês”, enfatizou Marazi. 

O presidente salientou a importância do Cooperjogos para o Sistema, explanou também sobre as mudanças previstas para este ano nos jogos. Na oportunidade Marazi convidou todos a participarem dos próximos cursos e eventos a serem realizados pelo Sistema.
 
A 13ª edição do Cooperjogos, em fase de planejamento, está marcada para o dia 23 e 30 de novembro. O evento envolverá várias modalidades esportivas e contará com a presença de aproximadamente 650 atletas das entidades de representação e de ramos do cooperativismo do DF. 
 
Durante a reunião foram definidas as cores dos ramos e as normas gerais para inscrição, premiação, prazos, entre outros assuntos. O próximo encontro está marcado para o dia 30 de setembro, ocasião em que será apresentada a logomarca do XIII Cooperjogos e demais assuntos relacionados.
Informações pelo telefone 61 3345-3036 ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Breve Histórico - O Cooperjogos nasceu há 13 anos e é realizado com objetivo de integrar as cooperativas do Distrito Federal. Promovido pelo Sistema OCDF-Sescoop/DF, o evento é realizado anualmente e faz parte das comemorações do Dia Internacional do Cooperativismo, que é comemorado mundialmente no 1° sábado do mês de julho. O Cooperjogos simboliza, na prática, a união dos cooperativistas do Distrito Federal, além de promover a cultura do cooperativismo busca fomentar esporte, cultura, lazer e saúde.

(Fonte: Sistema OCDF)

"

Comunicação social em foco, no Paraná

"

Curitiba (24/09) - Ao completar 10 anos, o Prêmio Ocepar de Jornalismo traz várias novidades, como aumento no valor total dos prêmios e novas categorias. O lançamento da décima edição aconteceu durante um almoço realizado nesta terça-feira (24/09), na sede do Sistema Ocepar, em Curitiba. “O Prêmio é reconhecido pela Associação Nacional de Jornais (ANJ) como um dos melhores do Brasil, devido à sua continuidade e forma como é realizado. Completar 10 anos é uma conquista, não só para a Ocepar, mas para as cooperativas em geral”, afirmou o coordenador de Comunicação do Sistema Ocepar, Samuel Milléo Filho.

A iniciativa conta com patrocínio do Sicredi Paraná e Unimed Paraná, e apoio dos Sindicatos dos Jornalistas Profissionais do Paraná e do Norte do Paraná e Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj). O prêmio foi lançado durante o “Fórum dos Profissionais de Comunicação das Cooperativas Paranaenses”, que começou hoje e que vai até amanhã (leia mais sobre o evento, clicando aqui).

INTERCOOPERAÇÃO – Uma boa notícia é o fato de a Unimed Paraná decidir fortalecer o prêmio da Ocepar. Até então, a cooperativa médica vinha realizando o próprio prêmio de jornalismos, mas, neste ano decidiu trabalhar em conjunto com a unidade regional. O pensamento da cooperativa é: “ganha-se muito mais, quando todos estão juntos”.

VALOR DOS PRÊMIOS - O 10º Prêmio Ocepar de Jornalismo tem como tema “Cooperativismo no Paraná”. Ao todo, serão distribuídos R$ 62 mil em prêmios, já descontados os tributos. O valor é 17% superior ao do ano passado, quando foram repassados R$ 53 mil aos vencedores. Poderão ser inscritos trabalhos nas categorias Jornalismo Impresso, Radiojornalismo, Telejornalismo e Mídia Cooperativa. Os três primeiros lugares vão receber R$ 6 mil, R$ 3mil e R$ 2 mil, respectivamente.

CATEGORIAS ESPECIAIS - A categoria Universitário, lançada no ano passado, foi mantida, mas, neste ano, os acadêmicos de Jornalismo poderão inscrever matérias tratando de todos os ramos do cooperativismo, diferentemente do ano passado, que se restringia ao crédito. Será escolhido um ganhador que receberá R$ 2.500,00. Nesta edição, passam a vigorar duas novas categorias: o Prêmio Especial Unimed, voltado apenas para matérias sobre saúde, e cujo vencedor vai receber R$ 6 mil. O Prêmio Especial Ramo Crédito, destinado a trabalhos a respeito do cooperativismo de crédito, vai premiar com R$ 6 mil a melhor matéria jornalística. Outra novidade é o Prêmio Destaque Especial do Jornalismo Paranaense, cujo vencedor será indicado pela comissão julgadora, com direito a um prêmio de R$ 3.500,00.

PRAZO DE INSCRIÇÃO – Outra novidade é que, nesta edição, os interessados terão mais tempo para fazer as inscrições. O prazo vai até o dia 28 de fevereiro de 2014. Podem concorrer matérias publicadas ou veiculadas de 1º de agosto de 2012 até 28 de fevereiro de 2014. Cada participante pode inscrever até três trabalhos, independente da categoria, podendo ser contemplado apenas uma vez. Serão aceitas apenas matérias relativas a cooperativas registradas no Sistema Ocepar, cuja lista pode ser consultada no portal www.paranacooperativo.coop.br. Outra modificação diz respeito à participação dos profissionais das assessorias de imprensa das cooperativas, sejam contratos diretos ou indiretos (prestadores de serviço), que somente podem participar da Categoria Mídia Cooperativa. Os trabalhos escolhidos pela comissão julgadora serão premiados durante a Assembleia Geral Ordinária da Ocepar, no dia 1º de abril de 2014, em Curitiba.

O PRÊMIO - O concurso é realizado desde 2003 com o objetivo de premiar os melhores trabalhos e profissionais da imprensa que atuam nos veículos de comunicação do Paraná e também das cooperativas paranaenses. O Prêmio Ocepar de Jornalismo tem ainda o propósito de divulgar a importância do cooperativismo para o desenvolvimento econômico e social do Paraná e do Brasil. Desde que foi criado, já recebeu um total de 630 trabalhos inscritos em telejornalismo, radiojornalismo, jornalismo impresso e mídia cooperativa. Somente no ano passado, houve 85 matérias inscritas. (Com informações da Ocepar)

"

Dia C na telinha

"

Brasília (20/09) – O voluntariado é uma bandeira que vai cobrir o Brasil. Prova disso é a repercussão das ações do Dia de Cooperar – Dia C. Confira, agora, como foi o evento em cinco dos oito estados que participaram da campanha. E aguardem porque a expectativa é que, em 2014, todos os 26 estados, além do Distrito Federal, estejam envolvidos nessa grande “onda de cooperação". Clique nos links e veja porque vale a pena participar do evento:

AMAZONAS
Vídeo 1: https://www.youtube.com/watch?v=qtK-K7FpY20

CEARÁ
Vídeo 1: http://www.tvverdevale.com/index.php/videos/video/latest/1239

MATO GROSSO
Vídeo 1: http://g1.globo.com/videos/mato-grosso/bom-dia-mt/t/edicoes/v/parque-de-cuiaba-tera-atividades-voltadas-ao-cooperativismo/2821671/


Vídeo 2: http://g1.globo.com/videos/mato-grosso/mttv-1edicao/t/edicoes/v/sindicato-promove-dia-c-em-parque-de-cuiaba-mt/2822743/

MATO GROSSO DO SUL
Vídeo 1: https://www.youtube.com/watch?v=K_Lla2F6W5E

MINAS GERAIS
Vídeo 1: Dia de Cooperar em Caratinga e Governador Valadares

Vídeo 2: Dia de Cooperar - movimenta voluntários em Belo Horizonte
 

"

Contagem regressiva para a entrega de um dos mais importantes troféus do agronegócio

"

Chapecó (20/09) - Os últimos preparativos para a 4ª edição do Prêmio Empreendedor Cooperativista – Troféu Aury Luiz Bodanese, promovido pela Coopercentral Aurora Alimentos, Sebrae/SC e Movimento Catarinense pela Excelência (MCE) com apoio do Senar, Sescoop e Sicoob, foram discutidos, nesta semana, durante reunião de avaliação do Programa de Desenvolvimento de Empreendedores Rurais Cooperativistas, na sede da Coopercentral Aurora Alimentos em Chapecó. Os vencedores deste ano serão conhecidos durante solenidade de premiação, no dia 5/10, durante a Exposição-feira Agropecuária, Comercial e Industrial de Chapecó (EFAPI).

O prêmio reconhece o desempenho de produtores que adotaram práticas diferenciadas, melhorando a qualidade de vida e a renda da empresa rural sem agredir o meio ambiente. Todas as famílias rurais que concluíram o Qualidade Total Rural – programa que integra o Projeto de Desenvolvimento de Empreendedores Rurais Cooperativistas, podem participar.

Consolidado como maior programa para produtores rurais do País, o Projeto de Desenvolvimento de Empreendedores Rurais Cooperativistas formará, até o fim deste ano, cerca de 1.500 famílias de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul. Os investimentos totalizam R$ 1,5 milhão. Destes, R$ 1,1 milhão foi destinado aos catarinenses e, R$ 400 mil, aos gaúchos.

Além de avaliar o andamento do programa neste ano, a reunião também oportunizou alinhar o treinamento da equipe técnica que será realizado no mês de outubro, visando que os novos técnicos conheçam a metodologia e possam contribuir para a manutenção do programa no campo. Outro assunto discutido e aprimorado foi a mobilização dos grupos para o ano de 2014. “O número de programas a ser realizado será definido assim que todas as cooperativas informarem a quantidade de grupos a serem formados”, destacou Joel Pinto.

GANHADORES - Até a 3ª edição 15 produtores rurais filiados a sete cooperativas foram vencedores do prêmio.  Da Cooperalfa foram reconhecidos os seguintes empresários rurais: Zeldo Giacomin (2008), Pletsch Sartori (2009) e Alexandre Tansini (2011). Dos filiados à Auriverde, foram premiados Loivo Felimberti (2008) e a Agroempresa São Gabriel (2009); da Cooper A1 foram reconhecidos a Granja Santo Antonio (2009) e Aluisio Schlickmann (2009); da Copérdia/Cooperio foram agraciados o Sítio Antoniazi (2009) e Hildenor (2011); da Cooperitaipu venceram Roque Both (2008), Antonio Maldaner (2009) e Flávio Donida (2011); da Coopervil recebeu o prêmio o produtor Rafael Tomazi (2008/2011); e da Cotrel foi premiada a Granja Miotto (2009). (Assimp OCESC)

"

Sistema OCB/BA realiza Encontro de Presidentes de Cooperativas na 6ª

"

Salvador (19/09) – O cooperativismo brasileiro vem crescendo nos últimos anos pela sua importância para a economia, participação no combate à exclusão social e consequente contribuição para o desenvolvimento social. Na Bahia, o cenário cooperativista acompanha essas mudanças. Para discutir sobre essas questões, além de intensificar a intercooperação e a troca de experiências, o Sistema OCB/BA promove nesta sexta-feira (20/09) o Encontro de Presidentes de Cooperativas, em Eunápolis.

O evento – realizado no hotel Portal de Eunápolis – reunirá representantes de cooperativas do município eunapolitano e Extremo Sul baiano visando a, também, o planejamento estratégico para o período 2014-2017.

Ao longo do encontro, os líderes cooperativistas baianos terão a oportunidade de contribuir com sugestões e expor suas dificuldades na hora de assegurar o desenvolvimento de suas cooperativas. (Assimp Sistema OCB/BA)

"

Unimed Brasil realiza 43ª Convenção Nacional

"

Brasília (16/09) – Um dos ramos mais evidentes do cooperativismo é o Saúde. Não há um só estado, capital, região metropolitana ou grande centro urbano que não tenha uma cooperativa de médicos, enfermeiros e outros profissionais dessa área. E, para prestigiar essa representatividade, o presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas, participará da abertura da 43ª Convenção Nacional da Unimed.

O evento começa amanhã (17/9) e vai até esta sexta-feira (20/9), em Belo Horizonte (MG), com a presença de dirigentes do Sistema Unimed de todo o Brasil. Juntos, eles discutirão a melhor forma de desenvolver esse modelo de negócios de forma sustentável, garantindo sua manutenção para os próximos 45 anos. Esta edição abordará o tema “Cooperação, Crescimento e Sustentabilidade”, fatores que, segundo o presidente do Sistema Unimed do Brasil, Eudes de Freitas Aquino, farão com que “o cooperativismo médico vá ainda mais longe, com energia e força para erguer um futuro de contínuo crescimento no cenário de saúde do País”.

“Vivemos um momento de reinvenção. No entanto, uma coisa deve continuar entre nós para permanecermos no mercado: além da sorte, a dedicação a este sistema cooperativista”, destaca o dirigente. Ele deixa, ainda, uma mensagem aos cooperados, ressaltando a importância da participação no encontro: “aguardamos vocês para continuarmos escrevendo essa grande história de cooperativismo no Brasil”.

Também representam o Sistema OCB na convenção, a gerente geral Tânia Zanella e o coordenador do ramo Saúde, Laudo Rogério dos Santos.

DEDO DURO – Leia no Informativo de quarta-feira (18/9) mais detalhes sobre a abertura do evento. Para acessar as informações gerais do evento, clique aqui.

"